Jovem Pan Online - RSS

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Tempo começa a mudar no final da tarde

Cláudio Messias*

O clima vai passar por transformação radical nas próximas horas na cidade de Assis. Em 48 horas a temperatura mínima, por exemplo, cairá dos atuais 19 graus para 6 graus na cidade. Sim, será um domingo de Assisense x Diadema e de Dia dos Pais com frio. No meio do caminho, principalmente amanhã, pode cair uma garoa sobre a cidade, aumentando ainda mais a sensação térmica de frio.

Os termômetro tendem a registrar, na tarde dessa sexta-feira, as altas temperaturas verificadas nos últimos dias. Dependendo da nebulosidade que já é decorrência da proximidade de uma frente fria que está no Sul, a máxima pode chegar aos 34 graus. Mas a tendência, mesmo, é que o calor gire em torno de 28 a 30 graus, como ocorrido ontem e anteontem.

A umidade relativa do ar, que chegou a índices preocupantes durante a semana em Assis, estabiliza durante esse período de chegada da tal frente fria. Ontem, por exemplo, chegou ao piso de 36%, mas na quarta-feira atingiu o índice mais baixo do ano: 28%. Para se ter uma ideia, o clima está tão seco na cidade que durante a madrugada do dia 4 de agosto a umidade relativa do ar ficou em 91%. Normalmente, na madrugada o orvalho e outros fenômenos naturais propiciados pela ausência de luz e radiação solar elevam a umidade do ar para casas próximas de 100%.

Os radares meteorológicos do Inmet confirmam o que alertas feitos pela Unesp no início da semana já previam: o encontro entre três tipos de fenômenos climáticos sobre a região. Pelo prazo de até dez dias receberemos a influência de uma frente fria, que já está sobre os estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e também de faixa de umidade que desprende do Norte, desce pelo Centro-Oeste e chega ao Sudeste como elemento provocador de chuvas. Aqui, em Assis, o efeito da passagem dessa outra massa de ar úmida pode ser, no máximo, semelhante ao que provocou granizo em Paraguaçu Paulista, semanas atrás, porém com menor intensidade.

O terceiro fenômeno ocorre no meio da próxima semana, com a chegada de uma massa de ar polar de baixa intensidade. Ela traz os ares gelados do Pacífico e cruzando com o efeito final dos outros dois fenômenos por até provocar chuvas. Sua característica maior, contudo, tende a ser a formação da última grande onda de frio desse inverno, pois a temperatura volta a ficar próxima de zero grau. No início dessa semana havia alerta para o risco de novas geadas entre os dias 14 e 15, mas essa advertência diminuiu em grau. Há, agora, apenas a possibilidade de registro desse fenômeno, ainda assim somente nas várzeas.

O clima que se percebe agora, em Assis, volta a ser registrado somente no dia 18 de agosto, um domingo, quando a temperatura mínima tende a ser de 10 graus e a máxima beira os 30 graus. Assim, nos 30 dias finais do inverno a perspectiva passa a ser de períodos com clima mais ameno, menos seco e com registro de períodos de nebulosidade e até mesmo chuvas esporádicas.


Dados meteorológicos das 7:00 AM à 7:00 AM - Estação de Assis
Data
Temperatura do ar (º C)
Umidade do ar (%)
Precipitação (mm)

Mínima
Máxima
Mínima
Máxima

09/08/2013
13
29
34
96
0,0

08/08/2013
11
28
36
97
0,0

07/08/2013
12
30
28
99
0,0

06/08/2013
12
30
38
99
0,0

05/08/2013
13
30
29
97
0,0

04/08/2013
13
30
30
91
0,0

03/08/2013
9
30
29
98
0,0


Descrição: FUNDAG - Fundação de Ápoio à Pesquisa Agrícola                                                                                                                        Descrição: FEHIDRO - Fundo Estadual de Recursos Hídricos

* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Nenhum comentário :