Jovem Pan Online - RSS

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Garoa chega a Assis no final da tarde e traz o frio

Cláudio Messias*


Segunda-feira típica de inverno da região Sudeste em Assis. Depois de quase um mês com umidade relativa do ar abaixo dos 50% durante o dia, finalmente o clima ficou mais agradável na cidade, hoje. Digo o clima, pois o ar tem, infelizmente, o predomínio do odor de vinhaça, o subproduto da mesma cana-de-açúcar que, queimada criminosamente por usinas sucroalcooleiras da região, lança cinzas e torna o ar ainda mais poluído e insustentável nas zonas urbana e rural..

O tempo começou a mudar em Assis no último sábado. O resquício de uma frente fria que atingiu principalmente os estados do Sul trouxe mais nebulosidade e, com isso, menos radiação solar e mais umidade relativa do ar. A temperatura, contudo, como é típico em ocasião de proximidade de frente fria, subiu consideravelmente no final do dia, sábado, e manteve-se amena nas primeiras horas de domingo. Na manhã de ontem os termômetros começaram a registrar temperatura média abaixo do patamar das últimas semanas.

A estação meteorológica de Assis, mantida pela Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado, mostrou essa oscilação nos termômetros. Da mínima de 14 graus, no final da manhã desse domingo, chegou-se aos 19 graus à noite, configurando a aproximação da frente fria. Essa variação atípica pôde ser sentida por quem teve frio pela manhã, calor à tarde, frio novamente no início da noite mas foi dormir com sensação de calor e teve de levantar no final da madrugada para reforçar o cobertor.

Às 11 horas da manhã de hoje os termômetros marcavam temperatura menor do que ontem, às 23 horas. Em doze horas, portanto, a temperatura caiu dos 19 graus do final da noite de domingo para 12 graus no final da manhã dessa segunda-feira. A umidade relativa do ar também melhorou, passando dos 71% registrados às 23 horas de ontem para 91% às 11 horas de hoje e 76% há pouco, às 16 horas.

A frente fria que incide sobre o Médio Vale do Paranapanema traz frio do Sul, mas umidade da região Centro-Oeste, a partir de deslocamentos de massas de ar quente da Amazônia, no Norte. Essa combinação de frio e ar úmido deve provocar somente garoa em Assis e demais cidades da região, ao contrário do Paraná, que registra chuvas de baixa intensidade. A tendência, pelos radares meteorológicos de Bauru e Presidente Prudente é que a garoa fina apenas molhe o chão a partir das 17 horas.

Quem gosta de frio tem a oportunidade de curtir a passagem de uma das últimas frentes frias de média intensidade desse inverno. De agora à tarde até sexta-feira fará frio de inverno, a começar por essa noite de segunda, que poderá ter ocorrência de neve cidades serranas gaúchas e catarinenses. Os termômetros que agora marcam 15 graus em Assis caem para 9 graus no amanhecer dessa terça-feira. O vento de agosto, claro, não pode faltar. Ele chega em velocidade moderada, em torno dos 13 km/h amanhã, mas aumenta para 18 km/h na quarta-feira. Quem não gosta de vento deve agradecer a visita desse sopro da frente fria, pois é justamente ele que impede que ocorram geadas depois-de-amanhã.

Portanto, esse céu cinza de segunda-feira já abre amanhã, principalmente à tarde. Recomendação, pois, de cautela a quem for dirigir estradas afora nas próximas 24 horas, uma vez que estão previstos nevoeiros e pontos de neblina na extensa faixa que compreende, de forma imaginária, Presidente Prudente>Assis>Botucatu>São José do Rio Preto. Céu claro, azul, de volta na manhã de quarta, sob muito frio.


Imagem: INPE

Setas em azul e vermelho indicam o caminho da 
formação de convergência entre os ar úmido vindo 
do Norte e a frente fria, vinda do Sul


*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Nenhum comentário :