Jovem Pan Online - RSS

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Fernandópolis x Assisense terá árbitro de 1ª da CBF

Cláudio Messias*

A comissão de arbitragem da Federação Paulista de Futebol realizou agora, no final da tarde, o sorteio dos árbitros que atuarão na última rodada da segunda fase da Segundona do Campeonato Paulista. O confronto Fernandópolis x Assisense, no estádio municipal "Cláudio Rodante", em Fernandópolis, será mediado pelo experiente Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, de 37 anos, pertencente ao quadro de arbitragens da CBF. O torcedor do Falcão do Vale poderá ver a atuação de times e arbitragem na tela da Rede Vida de Televisão, que transmitirá o jogo a partir das 10h00 desse domingo.

Rodrigo Guarizo atuou, recentemente, em duas partidas de destaque. Pela Série B, sábado passado, foi o quarto árbitro na vitória do Bragantino sobre o Oeste, de Itápolis (2x0). Pela Série A, foi árbitro assistente no empate Atlético Mineiro 2 x 2 Botafogo, na quarta-feira da semana passada. Sua partida mais importante no semestre, contudo, foi o empate Corinthians 0x0 São Paulo, no dia 28 de julho.

Na Federação Paulista de Futebol Rodrigo Guarizo está credenciado desde 1999 e pertence, hoje, ao quadro de elite. Figura, nessa condição, no ranking dos 10 melhores árbitros paulistas, credenciados junto à CBF e passíveis de pertencerem ao quadro de arbitragem da Fifa. Rodrigo é o 11º de uma lista que, de 12 árbitros considerados de primeira linha, tem Paulo César de Oliveira como primeiro ranqueado na categoria Especial.

 Incógnita  - Rodrigo Guarizo será árbitro de um jogo que tanto pode classificar Fernandópolis e Assisense quanto pode eliminar um dos dois do torneio. É que um empate entre as duas equipes classifica ambas para a terceira fase, pois avançam para os 9 pontos que, mínimos, são necessários para garantir vaga no grupo 9. A derrota, no entanto, pode custar a eliminação, caso Matonense e Osasco vençam seus jogos pelos grupos 11 e 13, respectivamente, em combinação com as vitórias de Paulistinha e Olímpia, em seus jogos pelos respectivos grupos 10 e 12.

A tendência é que o Fernandópolis, que vem de derrota esmagadora para o Diadema (4x0), fora de casa, busque a reabilitação frente ao Assisense. O empate, que classificaria os dois, manteria o Fefecê na terceira colocação do grupo 9, avançando na condição de um dos 4 melhores terceiros colocados. Na terceira fase, essa colocação, desfavorável, faria com que o Fernandópolis não fosse contemplado, por exemplo, com a decisão do último jogo do returno em seus domínios.

Na minha avaliação, o Fernandópolis que empatou com o Assisense em 1 a 1, no Tonicão, abrindo a segunda fase, no dia 28 de julho, pode ser batido em pleno estádio "Cláudio Rodante", em Fernandópolis. O Falcão do Vale jogou melhor naquela ocasião e tomou o gol de empate aos 47 minutos do segundo tempo, em vacilo total da zaga. De todos os times do grupo 9 que vi jogar aqui, o Fernandópolis é, para mim, inferior, inclusive, ao Taboão da Serra. Prova disso talvez seja o empate (1 a 1) que o Fefecê arrancou, suado, em Taboão da Serra, na semana passada, em uma partida amplamente dominada pelos donos da casa.

Foto: Federação Paulista de Futebol

Rodrigo Guarizo é árbitro padrão Fifa nos quadros da CBF


Foto: Paulo Pinto

Rodrigo Guarizo em atuação no empate Corinthians 0x0 São Paulo, no Pacaembu, mês passado



*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Nenhum comentário :