Jovem Pan Online - RSS

domingo, 26 de julho de 2015

FIM DE JOGO - Vocem atropela o América e tira o Fernandópolis do G-4

Cláudio Messias*

Os resultados finais de dois dos três jogos que nesse domingo encerraram a décima quinta rodada da Segundona 2015, Grupo 1, foram avassaladores para os planos de Vocem e Fernandópolis. O time de Assis protagonizou estreia com vitória do técnico Tupãzinho no estádio Tonicão, aplicando convincentes 4x1 sobre um América que, agora, precisa de milagre para continuar sonhando com vaga na Segunda Fase. Já o Fernandópolis chegou a estar ganhando do Tanabi, na casa do adversário, porém permitiu uma virada que igualmente pode custar o projeto de avançar na competição.

Os dois jogos foram para os intervalos empatados, coincidentemente, em 1x1. Em Assis, Samuel fez o primeiro gol aos 6 minutos, para o Vocem, mas o América empatou imediatamente depois, aos 8 minutos, com Sidney. Em Tanabi, no estádio Alberto Victolo, Guilherme Pitty anotou aos 22 minutos, pelo visitante Fernandópolis, e Gean empatou aos 45 minutos.

No segundo tempo uma chuva de gols. Samuel, cobrando pênalti, colocou novamente o Vocem na frente, aos 21 minutos finais. Guilherme ampliou no final, aos 44 minutos e, nos acréscimos, Léo deu números finais ao jogo aos 46 minuitos: 4x1. Em Tanabi, Henrique Coelho fez o segundo gol do Fernandópolis, aos 26 minutos finais, mas três minutos depois Jefferson empatou tudo de novo: 2x2. O terceiro gol do Tanabi, na virada definitiva do placar, o placar online da Federação Paulista de Futebol não denomina autoria.

Houve, ainda, mais um jogo pelo Grupo 1. Em Osvaldo Cruz, o José Bonifácio fez com os donos da casa o confronto dos eliminados. Os visitantes fizeram 2x0, gols de Luccas, aos 22 minutos iniciais, e Júlio, cobrando penalidade, aos 42 minutos finais. Na tabela, José Bonifácio ultrapassa o Osvaldo Cruz, assumindo a oitava colocação, com 11 pontos, insuficientes para alcançar o agora quarto colocado Vocem, que tem 26.

Nos cálculos dos clubes que estão brigando por vaga no G-4 o Vocem foi o único, na rodada, a vencer. Chega aos 26 pontos e encosta no terceiro colocado Atlético Assisense. Mas, um passo de cada vez, o time de Assis tem, na realidade, que comemorar a derrota do Fernandópolis no derby contra o Tanabi, pois tira dele a quarta colocação e, ainda por cima, abre três decisivos pontos de vantagem.

Já a derrota do Fernandópolis praticamente garante o Grêmio Prudente na Segunda Fase. De três jogos que ainda lhe restam, o time prudentino passa a depender de apenas uma vitória ou, então, dois empates para planejar o que fará entre os 12 clubes que decidirão as 4 vagas na Série A-3 de 2016. Grêmio que no próximo final de semana duela com o Vocem, no estádio Prudentão, em Presidente Prudente, naquele que é considerado um dos três principais confrontos da décima sexta rodada.


Hoje com 31 pontos e a 7 pontos de diferença em relação ao Fernandópolis, o Grêmio Prudente, caso chegue a 32 pontos em eventual empate com o Vocem, ainda poderá ser superado pelo Fefecê nas duas últimas rodadas, pelo critério de número de vitórias. Mas, tem na sequência o José Bonifácio, fora de casa, podendo igualmente administrar o empate para festejar a classificação com uma rodada de antecedência, ao passo em que o Fernandópolis receberá o América ainda, possivelmente, com chances matemáticas.

O Fernandópolis vê momentaneamente o projeto de 2015 ameaçado. Mas, tem uma sequência de jogos, nas três últimas rodadas, que permite recolocar a cabeça no lugar. Fefecê, no próximo final de semana, recebe o eliminado Osvaldo Cruz, com oportunidade de não só somar 3 pontos na rodada em que o rival Vocem visita o Grêmio Prudente, mas equilibrar novamente os fatores gols marcados e saldo de gols, respectivamente critérios diretos de desempate segundo o Regulamento da Segundona. Hoje, Fernandópolis e Vocem empatam nos critérios número de vitórias e gols marcados, mas o time de Assis soma 26 pontos, ante 23 do rival, e ainda apresenta saldo de gols de 11 tentos positivos, já que o Fefecê sofreu um gol a mais (13).

Atlético Assisense e Noroeste veem a briga pela quarta em situações distintas. O time de Bauru assumiu a vice-liderança nessa décima quinta rodada e encostou no líder Grêmio Prudente. Um tropeço do Grêmio frente ao Vocem pode significar liderança ao Noroeste caso esse confirme a lógica e vença o eliminado José Bonifácio, em Bauru. Grêmio e Noroeste têm as mesmas 9 vitórias e em eventual empate ou derrota o Grêmio observaria o rival de Bauru igualar ou passar sua pontuação, favorecido pelo critério de desempate "número de vitórias".

Já o Atlético Assisense colhe, no momento, os frutos da excelente campanha que faz nesse returno da Primeira Fase. Terceiro colocado no Grupo 1, está um ponto à frente do Vocem e pode planejar com sapiência o caminho para a classificação, favorecido pela derrota do Fernandópolis, que por sua vez ficou 4 pontos atrás. De três jogos que tem pela frente, o Falcão do Vale continua dependendo de uma vitória e um empate. Recebe o Tanabi no próximo final de semana e depois tem o derby contra o Vocem, no Tonicão. Em eventual tropeço trágico do Fernandópolis no próximo final de semana, frente ao Osvaldo Cruz, o Atlético Assisense carimba a classificação vencendo o Tanabi.

América e Tanabi respiram por aparelhos as chances de classificação. Dependem de uma combinação de resultados que representaria virada histórica de tendências dessa Segundona. O time de Rio Preto precisa vencer o Bandeirante, na próxima rodada, e depois bater o Fernandópolis na casa do adversário e, enfim, o Atlético Assisense, na última rodada. Além disso, tem de secar o Vocem contra o Grêmio Prudente, torcer pelo Atlético Assisense no derby com o Vocem e, dependendo das circunstâncias, rezar por um empate no confronto Vocem x Fernandópolis, no encerramento do returno.

O Tanabi tem que vencer os três jogos restantes, a começar pela difícil tarefa de bater o Atlético Assisense, domingo que vem, em Assis. Depois, manter a lógica e bater o Bandeirante, em Tanabi, e encerrar a fase vencendo o Noroeste, em Bauru. Afora isso, depender de tropeços de Vocem, Fernandópolis e América em todas as três rodadas restantes.



* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.


Nenhum comentário :