Jovem Pan Online - RSS

sexta-feira, 24 de julho de 2015

ANÁLISE - Vitória do Noroeste pressiona Vocem e Fernandópolis

Cláudio Messias*

A vitória do Noroeste em Birigui, nessa tarde de sexta-feira, confirmou a tendência de três dos cinco resultados programados para o Grupo 1 nessa décima quinta rodada da Segundona 2015. A única surpresa, novamente, foi que o Bandeirante segurou o agora vice-líder da chave, que fez 'somente' 1 gol e não conseguiu ampliar o saldo de gols, critério de desempate previsto no Regulamento.

Esse resultado dá ao Noroeste o fôlego necessário para garantir uma das 4 vagas do Grupo 1 na Segunda Fase. O clube de Bauru chega aos 29 pontos e, com Fernandópolis e Vocem empatados com 23 pontos e disputando nos critérios de desempate a quarta colocação, pode estar a uma vitória de carimbar passagem para a próxima fase. Basta, com isso, que um dos outros dois clubes seja derrotado nessa décima quinta rodada e distancie 2 pontos da zona de classificação.

O desafio maior entre Vocem e Fernandópolis fica com o time de Assis, que domingo pela manhã recebe o América, que está a uma vitória de brigar diretamente pelo G-4. Ao clube de Assis não interessa nem o empate, uma vez que o Fernandópolis vai a Tanabi para o derby regional e tende a encontrar menos dificuldade na busca por 3 pontos na mesma manhã de domingo. Eventuais empates nesses confrontos beneficiam especialmente ao Atlético Assisense, que amanhã vai ao Prudentão para o difícil e imprevisível confronto direto com o Grêmio Prudente.

Com 3 pontos de vantagem em relação a Fernandópolis e Vocem, o Atlético Assisense tem gordura para queimar. Mesmo que seja surpreendido pelo Grêmio Prudente, o Falcão do Vale sairá de Presidente Prudente no G-4, uma vez que soma duas vitórias a mais que os atuais quarto e quinto colocados de chave. Continuaria, pois, nas três últimas rodadas, dependendo das próprias forças para garantir passagem para a Segunda Fase.

Em caso de vitória amanhã, o Atlético Assisense inverterá totalmente os prognósticos. Continuará à frente do Noroeste pelos critérios de desempate e reduzirá para somente 1 ponto a diferença em relação ao rival direto Grêmio Prudente. Faltaria, então, somente uma vitória para que a vaga na próxima e decisiva fase estivesse garantida, considerando tropeços de adversários diretos já nessa décima quinta rodada.

Nos cálculos do Blog, avança primeiro para a Segunda Fase o clube que somar 33 pontos. Quem somar 32 pontos dependerá do cruzamento de outros resultados, desde já até a última rodada. Poderia, remotamente, haver uso dos critérios de desempate para decidir a quarta vaga, caso quarto e quinto colocados cheguem ao fim do returno com 31 pontos.

Dentro dessa premissa, o Falcão do Vale poderia perfeitamente considerar bom resultado um empate amanhã em Presidente Prudente, precisando, depois, vencer o Tanabi, em Assis, e administrar a classificação no derby com o Vocem, dia 2 de agosto, em dois tipos de circunstância: garantia de vaga com vitória e dependência de outros resultados em caso de empate, levando o sufoco até a última rodada. A lógica é única: basta cumprir o dever de casa e não sofrer derrota nos jogos fora para que no mínimo a terceira colocação esteja garantida, e com folga.



* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :