Jovem Pan Online - RSS

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Bandeirante sai de vice-lanterna para vice-líder do Grupo 1

Cláudio Messias*

De jeito bobinho de andar a comedor pelas beiradas. Foi dessa forma que o jogo dessa noite, em Birigui, abrindo o returno da Segunda Divisão, transitou. Primeiro, o Osvaldo Cruz abriu o placar, em pleno estádio Pedro Marin Berbel. Depois, o mandante Bandeirante empatou e, no início do segundo tempo, ampliou o placar para 2x1. Placar definitivo do confronto.

Com o resultado, o Vocem caiu para a vice-lanterna, no lugar do Bandeirante, agora, momentaneamente, vice-líder do grupo 1 da Segundona 2014. O Osvaldo Cruz caiu uma posição e, em terceiro, ocupa o lugar antes assumido pelo Atlético Assisense, atual quarto colocado. O Grêmio Prudente faz prevalecer a melhor campanha da chave e, independentemente dos resultados provisórios, continua líder isolado nessa nova trajetória.

A rodada de abertura do returno continua, no grupo 1, nesse sábado. No estádio Prudentão enfrentam-se, no desespero, o vice-lanterna Vocem e o lanterna Presidente Prudente. Uma vitória dos mandantes torna-os terceiros colocados, ultrapassando, mesmo que provisoriamente, Atlético Assisense e Osvaldo Cruz. Já os 3 pontos, para o Vocem, representam o ressurgimento das cinzas, já que somariam 9 pontos e, dependendo do placar em Prudente, reocupariam a vice-liderança da chave.

A derrota representaria, amanhã, para o Presidente Prudente, a redução das esperanças de uma reação no returno, dada a equidade com que os ocupantes da chave somaram pontos no primeiro turno. Para o Vocem, a perda de 3 pontos ecoaria pior. O time de Assis estacionaria nos 6 pontos e veria o Presidente Prudente, lanterna, subir para 9 pontos e voltar para a briga por, pelo menos, a quarta vaga do grupo. Se as coisas não derem certo, pois, o melhor para o Vocem é, ao menos, voltar de Prudente com um empate, pois continuaria na quarta vaga da chave e, assim, permaneceria por na luta por uma vaga na Segunda Fase, nem que seja por critérios de desempate entre os quartos colocados de todas as chaves.

No domingo, em Assis, o Clássico do Vale terá Atlético Assisense jogando tudo por uma vitória sobre o Grêmio Prudente. O jogo acontecerá no estádio Tonicão e representará a estreia do técnico Tupãzinho diante de sua torcida. Uma vitória coloca o Falcão do Vale na vice-liderança isolada do Grupo 1, com 10 pontos, destituindo o atual segundo colocado provisório Bandeirante. Por tratar-se de um adversário que soma 11 pontos e está no páreo para ser um dos 4 que garantem vaga na A-3 de 2015, um empate diante o Grêmio pode ser entendido como bom resultado, uma vez que o time iria a 8 pontos e estaria, na pior da hipóteses, caso o Vocem vença o Presidente Prudente FC nesse sábado, mantendo a quarta melhor colocação entre os 7 grupos que colocam clubes na Segunda Fase. Nesse caso, contudo, daqui a 15 dias o Falcão do Vale teria obrigação de vencer, novamente, o derby contra o Vocem, pois significaria confronto direto.

Em eventual derrota, domingo, o Atlético Assisense terá de reiniciar seu projeto da estaca zero, pois corre o risco de terminar a rodada na vice-lanterna, caso o Vocem perca para o Presidente Prudente amanhã ou, então, se o time prudentino sair perdedor. A torcida, pois, é por empate nesse jogo de sábado, no estádio Prudentão, uma vez que em nada seria alterado o quadro provisório atual, em caso de empate entre Falcão do Vale e Grêmio Prudente.

De minha parte, torço, mesmo estando em Campina Grande, a 2.700 km de Assis, por uma vitória do Atlético Assisense. Confio sobremaneira no trabalho transparente, profissional e sério da diretoria do Falcão do Vale, que teve sensibilidade de fazer alteração no comando técnico do time no momento certo e soma o privilégio de ter como parceria uma empresa do porte da Multi-Ar, que viabilizou a vinda de Tupãzinho a Assis, uma conquista que já entrou para a história da cidade, independentemente dos resultados que virão. A bola, pois, faz a sua justiça própria quando há honestidade e transparência literalmente em campo. 

Avante, pois, Falcão do Vale!



*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Nenhum comentário :