Jovem Pan Online - RSS

domingo, 14 de junho de 2015

FIM DE JOGO - Atlético Assisense vira, vence e encosta nos líderes do Grupo 1

Cláudio Messias*

Antagônica a situação dos clubes que compõem o Grupo 1 da Segundona 2015 nessa virada de turnos da Primeira Fase. Quem vinha embalado no início perdeu o ritmo e quem era apenas regular, deslanchou. Agora, fechado o primeiro turno, o G-4 da chave é composto por clubes que somam de 22 pontos, no caso do Grêmio Prudente, a 16 pontos, casos de Noroeste e Atlético Assisense. O Vocem tem 17 pontos, um a mais, apenas, que seus rivais. No geral, seis pontos separam líder e quarto colocado.

Nessa manhã de domingo foram disputados três jogos pelo Grupo 1. Em Assis, o Atlético Assisense foi para os vestiários perdendo para o América, por 1x0, mas aplicou a virada em 10 minutos na etapa complementar. Venceu por 2x1, atingiu os 16 pontos, mesmo patamar do Noroeste, e igualou a campanha positiva do Vocem. Falcão do Vale e Esquadrão da Fé têm, cada um, 5 vitórias até aqui no campeonato. A diferença é que o Vocem empatou duas vezes e o Assisense, uma, enquanto o Assisense perdeu três e o Vocem, duas partidas.

A situação do G-4 do Grupo 1 começou a ser desenhada já na abertura da rodada. O Vocem manteve a sequência de três jogos sem vitória e empatou com o irregular Fernandópolis, sexta-feira à noite. Aquele resultado garantiu o Atlético Assisense, mesmo sem ainda jogar na rodada, no G-4, uma vez que o Fernandópolis era o único clube da chave que, caso vencesse, poderia tirar a quarta colocação do time de Assis, em eventual derrota, deste, no desfecho da rodada. Não deu uma coisa nem outra, pois o placar, lá, ficou em 0x0.

No sábado, com transmissão em rede nacional de televisão aberta pela Rede Vida, o Grêmio Prudente confirmou a queda de rendimento ao ser vencido pelo Osvaldo Cruz por 3x1. Jogo em Osvaldo Cruz e indicativo, segundo a imprensa esportiva de Presidente Prudente, de algo errado com o time considerado sensação do torneio, mas que já havia vencido, com questionamentos, o José Bonifácio, em casa, na rodada anterior, pelo apertado placar de 4x3.

E quem duvidava do José Bonifácio, que perdeu para o Atlético Assisense em Assis mas apresentou bom futebol, que reveja seus conceitos. No fechamento da rodada, nessa manhã de domingo, o time que transitou pela lanterna do Grupo 1 somou mais três pontos, aplicando 2x0 sobre o irreconhecível Bandeirante. Agora, o José Bonifácio ainda é o antepenúltimo colocado do grupo, com 8 pontos, porém encosta na briga direta pela quarta vaga com América, Osvaldo Cruz e Fernandópolis, que têm campanha apenas mediana.

Os protagonistas principais dessa reta final do primeiro turno da Primeira Fase são Noroeste e Atlético Assisense. As duas equipes venceram seus três últimos jogos, com destaque para o Falcão do Vale, que nesse saldo tem vitória no derby contra o Vocem, três pontos tirados frente ao batedor Tanabi, na casa do adversário, e, agora, minutos atrás, uma emocionante virada sobre o tradicional América, apontado no início do certame como candidato ao acesso, mais por política do que necessariamente boa gestão do futebol.

O Noroeste também venceu em casa. Aplicou 3x0 no mesmo Tanabi, placar construído até os 24 minutos do primeiro tempo. Soma 16 pontos, encosta no Vocem e já tem confronto direto com o Atlético Assisense, domingo que vem, abrindo o returno. Jogo de seis pontos que, é sabido, pode muito bem ser administrado pelo Falcão do Vale como extremamente positivo caso ocorra um empate.Prognóstico, pois, para o decorrer da semana. O importante, agora, é saber reconhecer que, dentro das dificuldades publicamente conhecidas, o Atlético Assisense faz jus aos projetos desenvolvidos de 2013 para cá e continua forte no cenário do futebol da Segunda Divisão.

O fator negativo no Grupo 1 fica com o Bandeirante, de Birigui, que encerra o turno a 13 pontos de diferença do quarto colocado Atlético Assisense. Com 9 jogos pela frente e 27 pontos a disputar, o time de Birigui teria que vencer todos e, ainda, torcer para que seus adversários diretos sofram ao menos 5 derrotas no restante. Eliminação, não matemática, mas, moralmente falando, reação praticamente impossível.

Crédito - Acompanhei o desenrolar do jogo Atlético Assisense 2x1 América nas transmissões das rádios Cultura 1020 AM, de Assis, e Interativa FM, de São José do Rio Preto, via plataforma online.



* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :