Jovem Pan Online - RSS

sábado, 9 de maio de 2015

SEGUNDONA BRAVA - Taboão reage com Viola, "aquele', no final e freia a Lusinha Santista 100%

Cláudio Messias*

Sábado de 9 gols na continuação da quarta rodada da Primeira Fase da Segundona Paulista 2015. Três jogos foram realizados nessa véspera de Dia das Mães e houve alteração nas tabelas de classificação. Só não houve jogos pelo Grupo 1, em que estão Atlético Assisense e Vocem, todos concentrados nesse domingo.

O destaque do Blog para a rodada fica com o empate, em Taboão da Serra, entre o time local e a Portuguesa Santista. A Lusinha da Baixada chegou a abrir 2x0 no marcador, mas o Taboão foi buscar a reação na etapa complementar. Com isso, cai mais um dos clubes que mantinham campanha com 100% de aproveitamento. Agora, somente Vocem e Olímpia, que ainda jogam na rodada, sustentam esse status de vitórias em todos os jogos disputados.

No estádio Vereador José Ferez, em Taboão da Serra, a Portuguesa Santista abriu o placar aos 22 minutos iniciais, com Guilherme, que aos 39 minutos balançaria as redes mais uma vez. A reação do Taboão começou aos 34 minutos finais, com Viola, ex-Corinthians. O craque veterano empataria o jogo aos 45 minutos, tirando os 100% de aproveitamento da Lusinha no torneio.

Na classificação geral da Segundona, feita pelo Blog, a Portuguesa Santista, mesmo com o empate, assume a condição, agora, de melhor time do certame. Chega aos 10 pontos e supera, em campanha, com um jogo a mais, o Vocem. 

Já o Taboão chega aos 6 pontos em 4 jogos e continua entre os 12 clubes que, com melhor campanha, teoricamente avançam para a Segunda Fase, ou seja o G-12 do Blog. Terá, no entanto, um problema a resolver no TJD, pois o árbitro André Luis Riquena relatou que no intervalo do jogo, quando o Taboão perdia por 2x0, um cidadão que se dizia presidente da agremiação dirigiu-se ao auxiliar 1, Osvaldo Apipe de Medeiros Filhos, proferindo os seguintes dizeres: "você se bandera direito".

No segundo jogo do sábado o ECUS empatou, em Suzano, com o Guarulhos, em 1x1. O jogo foi realizado no estádio Francisco Marques Figueira e teve o placar aberto aos 46 minutos iniciais com Jonathan, para o ECUS. O empate do Guarulhos veio aos 20 minutos finais com Vinícius Santos, de pênalti. Com o empate o Guarulhos vai a 5 pontos e figura entre os 12 melhores do campeonato. Já o ECUS soma o primeiro ponto no campeonato e figura temporariamente na 25a. colocação no rnaking geral.

O destaque negativo para esse jogo em Suzano ficou com o alto número de cartões e de faltas. Foram aplicados 10 cartões amarelos, sendo 5 para cada lado, e um cartão vermelho. Nesse caso de expulsão, segundo o árbitro Renato de Carlos, o jogador Lucas, do Guarulhos, já tendo cartão amarelo, deu socos no ar ao contestar a marcação de uma falta contra o seu time. Foi para o chuveiro aos 45 minutos do segundo tempo. Além dele, forma expulsos, também, um gandula e o auxiliar técnico do Guarulhos, Paulo César Couto Copque, por ter-se dirigido ao trio de arbitragem, no intervalo, contestando marcações do primeiro tempo. No quesito faltas o jogo teve 40 infrações, sendo 21 do ECUS e 19 do Guarulhos. Mas a bola rolou até que razoavelmente: 30 minutos no primeiro tempo e 31 no segundo.

Finalizando os jogos de sábado o Suzano foi a Mauá e venceu o Mauaense por 2x1. No estádio Pedro Benedetti Anderson abriu o placar para o Suzano, aos 41 minutos iniciais. Chocolate empatou para o Mauaense aos 15 minutos finais, mas aos 29 minutos Ismael Paraíba deu números finais ao confronto: 2x1 e o Suzano chegando aos 5 pontos, beirando a briga por uma vaga na Segunda Fase. Já o Mauaense continua somando apenas 1 ponto no campeonato, longe da briga por vaga.



*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.


Nenhum comentário :