Jovem Pan Online - RSS

quinta-feira, 21 de maio de 2015

PARAIBANO - Campinense vence Auto Esporte e amplia vantagem

Cláudio Messias*

A agradável noite de quinta-feira, com o típico clima ameno que caracteriza Campina Grande, foi um elemento positivo a mais para o jogo Campinense 2x0 Boa Esporte, pelo Quadrangular Final do Campeonato Paraibano. O confronto foi realizado no estádio Amigão e mediu forças entre as duas equipes tidas como favoritas à conquista do título do estadual. Depois de atropelar o arquirrival Treze, na semana passada, a Raposa não tomou conhecimento do Auto Esporte e agora depende apenas de superação sobre o Botafogo, da capital João Pessoa, na semana que vem, para confirmar o favoritismo.

Foi a primeira experiência do blogueiro no estádio Amigão. Gostei de tudo o que vi: estrutura do estádio, reformado para servir de sede de treinamento a seleções que disputaram a Copa do Mundo do ano passado; segurança proporcionada pela polícia militar, e, principalmente, comportamento civilizado da torcida, que destaca-se por vibrar e apoiar o Campinense antes, durante e após o jogo. E na análise tática, o melhor: um Campinense que altera o sistema de jogo sem necessariamente substituir jogadores, superando um sistema de retranca adversária que tornou o primeiro tempo chato, muito chato de ver.

Os dois gols saíram no segundo tempo. O Auto Esporte segurou enquanto pôde, fazendo cera. E quando sofreu o gol, em jogada de triangulação rápida entre meio-de-campo e ataque da Raposa, perdeu-se no próprio desespero, buscando o gol de empate a qualquer custo e caindo na armadilha do time mandante, que soube aproveitar e ampliar para 2x0.

Com duas vitórias nesse quadrangular o Campinense abre 4 pontos sobre o Botafogo e 5 sobre Treze e Auto Esporte. O Botafogo, que havia empatado com o Treze na quarta-feira (1x1) é o adversário que vem ao estádio Amigão na quarta-feira que vem. Atualmente sem técnico, demitido nessa quinta-feira, o clube da capital paraibana é considerado pela imprensa esportiva de Campina Grande como fora da briga pelo título.

Crédito - Acompanhei, pelo rádio do aparelho celular, as transmissões de Campoinense 2x0 Auto Esporte pelas 98FM e Correio. Como primeira experiência de cobertura de jogo no estádio Amigão optei por não levar a prancheta para as anotações rotineiras. As informações completas sobre o jogo, portanto, serão postadas em atualização, nessa sexta-feira. E dialogando com o comando da Polícia Militar, no estádio, soube que, mesmo pagando ingresso, poderei adentrar ao estádio com a máquina fotográfica que hoje levei e, inclusive, com o material de trabalho que for necessário.

Paguei R$ 25 pelo ingresso para o setor de cadeiras, que é coberto e, fazendo jus à denominação, tem confortáveis cadeiras plásticas. Promoção do Campinense, no entanto, liberou todos os demais setores do Amigão ao preço de R$ 10. Não houve divulgação de público e renda, mas especulava-se sobre 8 mil pagantes nessa noite.

A torcida do Auto Esporte compareceu
em número reduzido ao estádio Amigão

As organizadas do Campinense fizeram a festa, matando
a saudade do blogueiro dos bandeirões, aqui permitidos

O setor de Geral, do lado inverso, ficou praticamente
lotado nessa noite de quinta-feira

Lance que originou o primeiro gol do Campinense, no
segundo tempo: fim da retranca do Auto Esporte

O primeiro gol foi muito comemorado pelos atletas 
raposeiros, que davam mais um passo rumo ao título

A festa vinda das organizadas teve fumaça vermelha
e muita, mas muita cantoria

 Cruzamento da direita e finalização para o gol que
definiria o placar final do segundo confronto da Raposa

Comemoração com direito a  pose à Luis Fabiano

Fim de jogo e duas vitórias do Campinense no
quadrangular que decide o campeão paraibano

* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :