Jovem Pan Online - RSS

quinta-feira, 7 de maio de 2015

FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA - 07MAI


CHUVA
Caiu o equivalente a 44 milímetros de chuva em Assis na madrugada dessa segunda-feira. Não houve estragos pela cidade, que temia pelos 60 milímetros previstos pela meteorologia. Quem sorriu, mesmo, foram os agricultores que, em início de safra de inverno, preocuparam-se com o abril abaixo da média histórica de chuvas para o período.

FRIO
Passada a frente fria, agora chega a massa de ar polar. Céu mais azul do que com nuvens no Médio Vale. E os termômetros despencando nas próximas horas. Da mínima de 13 graus registrada na madrugada dessa segunda a cidade de Assis pode marcar, pela primeira vez nesse ano, 10 graus nas primeiras horas da próxima terça-feira.

CHUVA E FRIO
O deslocamento de mais uma zona de umidade vinda do Centro-Oeste, em cruzamento com ventos frios vindos da Patagônia argentina, provoca frio e chuva justamente no domingo, Dia das Mães. Prognósticos iniciais mostram 80% de probabilidade de chuva, totalizando entre 20 e 30 milímetros.

MOLEIRA MOLHADA
A possibilidade de chuva pode atrapalhar os planos do Atlético Assisense de fazer renda melhor, no estádio Tonicão, no segundo jogo consecutivo como mandante na Segundona 2015. Sem cobertura de arquibancadas, o eternamente inacabado Tonicão dificulta a vida do torcedor em dias chuvosos. Domingo que vem o Falcão do Vale recebe o Osvaldo Cruz, às 10 horas, e dependendo do cruzamento de resultados pode reassumir a liderança do Grupo 1, desde que vença em casa. Mulheres não pagam ingresso nesse jogo.

DADOS
Leitor contestou os números do Ciiagro, vinculado à Cati e ao Instituto Agronômico de Campinas, nos dados divulgados pelo Blog relacionados ao histórico abril seco de 2015. Define o Ciiagro como mentiroso e com dados que não correspondem à realidade de chuvas verificada, por exemplo, em Cândido Mota. Segundo o raro e exceto leitor, choveu, e bem, na região de Cândido Mota no mês passado. Gigante Vermelho, portanto, sem seca terra.

EM ORDEM
Entro na reta final de minha licença médica de afastamento para a cirurgia cardíaca realizada em 13 de fevereiro. Exame de ecodopplercadiograma realizado por meu amigo e médico Marcos Elias Nicolau comprovou o êxito do procedimento cirúrgico que, sob o comando do competente Rubens Tofano Barros, do Centro Cardiológico da Santa Casa de Marília, colocou-me 4 safenas e uma mamária no peito. Perícia realizada em São Paulo autoriza-me a retomar as atividades profissionais em Campina Grande no dia 18 de maio.

NÃO PARA
A retomada da rotina acadêmica exigirá desdobramentos. Reassumo a coordenação do curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Campina Grande, função dividida com meu parceiro Diogo Lopes. Fiquei, por essas semanas, substituído pela competência de minha parceira Raija Almeida. Entre os desafios para 2015 está a elaboração das diretrizes curriculares do bacharelado em Educomunicação, área que é objeto de minha pesquisa de doutorado, na USP.

NÃO PARA II
Com a produção científica retomada surgem os compromissos de pesquisa. Participações em congressos de Comunicação da ALAIC (Associação Latino-americana de Investigação em Comunicação), em Córdoba, na Argentina, além dos congressos regionais da Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação) do Nordeste, em Natal, e Sudeste, em Ouro Preto. Muito mais, pois, do que os 2.800 km que separam Assis de Campina Grande.

PECHINCHA
Enquanto cotava com empresas especializadas no transporte de automóveis em longas distâncias eu tinha orçamento não inferior a R$ 4 mil para levar meu carro até Campina Grande, via cegonhão. Conversa daqui, conversa dali e encontrei um transporte alternativo que, com as mesmas garantias e mediante seguro já incluído no valor, reduziu esse custo a R$ 1.600,00.

SUSTO
Nossa amiga Cleide, professora  na Unesp-Assis, foi, em férias, fazer um tour com o marido pela Europa. Em Portugal o companheiro precisou de atendimento hospitalar e descobriu ser portador de doença cardíaca grave. Cirurgia agendada, o casal encontra-se em território português aguardando o melhor momento para o procedimento.

LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
Foi, enfim, ao ar a reportagem sobre o excelente trabalho de extensão, um dos tripés básicos das instituições de ensino superior sérias, desenvolvido pelo Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores da Unesp, campus de Assis. O material, gravado há semanas, foi exibido no matutino Bom Dia Cidade, da TV Tem Bauru, na segunda-feira passada.

SINAIS
Por falar em coração encontrei com Toninho Dentista em janeiro, dias antes de realizar o ecodopplercardiograma que levou-me à cirurgia cardíaca. Reclamei dos sintomas que sentia e Toninho compactuou das mesmas sensações. E ironizou, referindo-se ao fato de eu nunca ter sido fumante, ao contrário dele, viciado assumido em tabaco. Quando anunciei minha bateria de exames Toninho garantiu que faria o mesmo, logo em seguida. Não fez.

SINAIS II
Toninho teve, segundo relatos de testemunhas como Ernesto Nóbile, três enfartos. No primeiro, foi reanimado pela equipe do SAMU. No segundo, a caminho do hospital, os aparelhos da unidade móvel ajudaram no salvamento. Já o terceiro ocorreu dentro do hospital, fulminante o suficiente para não permitir escapatória.

ÁGUA MOLE
Encontrei, no centro da cidade, com três representantes de uma empresa interessada em assumir os serviços de água e esgoto em Assis. Entraria, pois, na concorrência pública em que todos esperavam ser unicamente disputada pela Sabesp. Trabalho de formiguinha, de articulações, já contando com a sucessão do prefeito dos 15 mil votos, em 2017. Essa empresa já esta atuando em 3 cidades do Oeste Paulista, todas elas, antes, com serviços de saneamento básico gestados anteriormente pelas prefeituras. A mira, agora, são cidades com contrato vencido com a Sabesp.

FORA
Pode  não passar de especulação a possibilidade de o Atlético Assisense mandar jogos da Segundona em Cândido Mota, no estádio Benedito Pires. O grupo de investidores por trás do projeto do Falcão do Vale para 2015 já fez duas parcerias com projetos sócio-esportivos da prefeitura da vizinha cidade, tradicional rival de Assis no futebol profissional. É lá, por sinal, que jogadores e comissão técnica do Atlético Assisense estão instalados e concentrados desde fevereiro. Em dias de coletivo apronto a presença de candido-motenses é tamanha que chega a ser comparada a público de jogos oficiais. Assim, a realização de alguns jogos por lá seria uma forma de compensar e agradecer o apoio recebido daquela localidade.

DESPEDIDA
Beira o ridículo o golpe baixo dado pelo Grupo Globo quando o assunto é ser superado pela competência da concorrência. Nem na TV paga o grupo de comunicação da família Marinho deixa de dar suas espetadas nada éticas. Nessa noite de terça, por exemplo, o canal SportPlus, da Sky, encerrou suas transmissões de jogos da NBA. Meu amigo Maurício Bonato narrou, depois de três anos de cobertura, seu último jogo do torneio norte-americano de basquete, com os comentários de Bulgarelli., na vitória do Washington Wizards sobre o Atlanta Hawks. Coincidência ou não, a partir de 2015 os canais SporTV começaram a cobrir jogos da NBA, que chega à fase final dos play-offs.

FORA DA PRATELEIRA
A Anvisa determinou o recolhimento do lote LD-P 13G082 do medicamento Dipirona Sódica 500mg, injetável, da marca Dipifarma, fabricado pela Farmace Indústria Químico-Famracêutica Cearense. Esse lote venceria em julho de 2015. Análises feitas pela Anvisa consideraram o lote impróprio para consumo.

FORA DA PRATELEIRA II
A Anvisa também determinou o recolhimento dos lotes 0001/2015 e 0002/2015 do produtor Loção Cremosa Jovem com Aloe Vera, fabricado pela Divon do Brasil Indústria de Cosméticos. Os laudos de análises fiscais da agência reguladora, emitidos pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde apresentaram resultados insatisfatórios no ensaio de Teor de Chumbo, com concentração acima do máximo permitido.

EPIDEMIA
O ex-presidente do Atlético Assisense Carlos Antunes, o Boi, é mais uma das centenas de vítimas de dengue em Assis no ano de 2015. Mês passado o atual presidente do Vocem, Edson Fiúza, o troglodita, também contraiu o vírus transmitido pelo mosquito aedes aegypti.

CARAVANA
Por falar em Vocem, uma comitiva de torcedores tem acompanhado aos jogos do Esquadrão da Fé fora de Assis. Foi assim em Bauru, no final de semana passado, e será assim em Tanabi, domingo que vem. Uma van foi fretada e levará os assisenses até Tanabi, partindo de Assis no início da manhã de domingo, em frente ao Bradesco. O Vocem tem a melhor campanha entre os 30 clubes que disputam a Segundona 2015 e em três jogos fez dois fora de Assis.

NOTA 10
Para o atendimento da excelente loja Casa & Coisa, no centro. Além de mercadorias via de regra só encontradas em grandes centros, o ponto comercial é modelo em atendimento.

NOTA ZERO
Para a política de gestão dos feriados em Assis. Algumas repartições municipais têm fechado na véspera do feriado

CAUSO - Márcio Grilli é um desses santistas espirituosos, apaixonados pelo clube que revelou Pelé para o universo do futebol e famoso pelas provocações que faz, nas redes sociais, com amigos que torcem para clubes rivais. Proprietário da Banca da Bandeira, ponto de encontro para agradáveis conversas em todas as manhãs, Márcio divide esse com outro afazer profissional, trabalhador que é e sempre foi. E no final de semana passado ele e todos os santistas afrontavam os palmeirenses na final do Campeonato Paulista 2015, na Vila Belmiro. No domingo pela manhã, ocasião em que a feira livre é realizada ao lado de sua banca, o santista recebeu a encomenda de 40 pôsteres do clube que seria campeão, então, à tarde. O torcedor autor da encomenda deixou as publicações pagar e anunciou que retornaria na segunda-feira, para buscar. Chegada a manhã da segundona o comprador foi à banca, mas recebeu a notícia de que os pôsteres só chegariam na semana, por atraso da editora. Márcio, então, ouviu do cliente que não, não queria mais os pôsteres, mas, sim, o dinheiro de volta. Claro, a postagem desse episódio envolvendo o palmeirense convencido, nas redes sociais, não passou de uma anedota de Márcio Grilli, para cutucar aos amigos cujo clube duelou pelo título paulista com o Santos. Mas teve gente que chegou a acreditar. O blogueiro, por exemplo.

                  IMAGEM DA SEMANA                 
SEM RAUL - A informação foi publicada aqui, na Coluna, no início do ano, e surpreendeu a todos. Raul Messias fechou, enfim, as portas do Catedral Lanches, que na boca popular ficou conhecido, mesmo, como Bar do Raul. O ensaio de meu primo para esse momento de, enfim, dedicar-se mais à família e à própria saúde fora iniciado em 2013, quando o bar deixou de funcionar após as 18 horas, colocando fim a um dos hábitos mais tradicionais da história dos boêmios assisenses, ou seja, encerrar a noite comendo o bauru de carne de Raul, inigualável. As portas definitivamente fechadas na quinta-feira passada, véspera do feriado de 1o. de Maio. Prédio entregue, agora é hora de Raul adaptar-se à realidade de preencher o tempo com atividades menos corridas e cansativas que a função atrás do balcão exigia. A cidade perde mais um de seus pontos mais tradicionais, mas Raul ganha, com certeza, em mais qualidade de vida. Sua página na história está, com certeza, registrada.

Nenhum comentário :