Jovem Pan Online - RSS

terça-feira, 19 de maio de 2015

RANKING DAS BILHETERIAS - Vocem bate novo recorde de público na Segundona

Cláudio Messias*

Bastaram dois mandos de jogos, em cinco rodadas disputadas, para que o Vocem assumisse a liderança do Ranking das Bilheterias da Segundona 2015. Esse monitoramento de bilheterias, feito pelo Blog desde 2013, mostra o quão competentes estão sendo os clubes no convencimento para que suas respectivas torcidas frequentem os estádios mediante pagamento de ingresso.

O clube de Assis adotou a estratégia de mandar jogos nas tardes de sábado. A primeira experiência, nesse sentido, ocorreu no final de semana passado, ocasião em que o Esquadrão da Fé recebeu o Bandeirante, de Birigui, tradicional rival da torcida de Assis. Ações eficazes de marketing, divulgadas nas mídias sociais, colaboraram para que 1.495 pessoas pagassem ingressos e vissem a vitória por 1x0 que deu, também, ao mandante a liderança do Grupo 1 e a melhor campanha entre os 30 clubes que disputam a Segundona.

No boletim financeiro que entregou à Federação Paulista de Futebol o Vocem diz ter colocado à venda 5 mil ingressos. Os bilhetes inteiros tinham valor de R$ 15 e corresponderam a 374 torcedores. Os restantes 1.121 pagaram meia entrada. Arrecadação de R$ 14 mil, que descontadas as despesas totais de R$ 1.511,00 representam renda líquida de R$ 12.506,00.

No total, passadas cinco rodadas, o Vocem totaliza 2.448 torcedores pagantes em seus dois jogos como mandante. Levou, pois, quase 300 torcedores pagantes a mais que o rival de chave Grêmio Prudente, que em três jogos totaliza 2.163 ingressos vendidos, prejudicado pelo mando de jogo, na segunda rodada, em Tupã, cumprindo punição do TJD por problemas ocorridos no estádio Prudentão no desfecho da Segundona do ano passado. Em Tupã o clube prudentino levou 251 torcedores pagantes, ante 885 na terceira rodada e 1.027, sábado passado, no jogo contra o Noroeste (3x2).

Na ponta inversa da tabela do Ranking aparece, na quinta rodada, o Suzano, que levou somente 67 pagantes para ver a surpreendente vitória do time local que tirou a invencibilidade da Portuguesa Santista (1x0), sábadoo, no estádio Francisco Marques Figueira. Foi o pior público da rodada, mas ainda insuficiente para tirar o pior desempenho de bilheterias mantido pelo Diadema, que em três jogos como mandante foi assistido por 89 pagantes no total.

O Atlético Assisense caiu uma posição no ranking, agora ocupando o 16.o desempenho em bilheteria na Segundona 2015. O Falcão do Vale foi a Fernandópolis, domingo passado, e viu o mandante levar 145 torcedores pagantes ao estádio Cláudio Rodante. Segundo a diretoria do Fefecê, em entrevista, ao final do jogo, à Rádio Difusora AM local, esse esvaziamento das arquibancadas deveu-se ao fato de o jogo ser realizado na manhã de domingo, enquanto tradicionalmente o Fernandópolis manda jogos aos sábados à tarde. O boletim financeiro da partida, contudo, mostra que Fernandópolis pratica, hoje, o preço de ingresso mais caro da Segundona: R$ 30, ante uma média de R$ 10 praticada pela maioria das demais agremiações.

O bom desempenho de Vocem e Grêmio Prudente, em público, na rodada passada, fez a média de público da Segundona melhorar. Foi o melhor desempenho do ano no torneio, chegando à média de 659 pagantes por jogo na rodada. A média de todo o torneio, cumpridas as 5 rodadas, é de 366,93 torcedores pagantes por jogo.



* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.


Nenhum comentário :