Jovem Pan Online - RSS

terça-feira, 12 de maio de 2015

PERSONAGENS - Atlético Assisense 0x2 Osvaldo Cruz

Revista na portaria e proibição de entrada com rádio portátil: 
lentidão e fila

A torcida organizada do Falcão do Vale
chegou ao estádio com batuque...

... e com batucada incentivou o time de Assis 
Eles passam, via de regra, despercebidos...

... mas, de tão essenciais que são para os jogos...

... têm presença obrigatória, determinada pela Federação...

... de maneira que o desenrolar dos jogos ocorra...

... sem interferência alheia ao espetáculo...

... o que garante o espetáculo...

... sem que necessariamente eles, os gandulas...

... conhecidos tecnicamente como repositores de bola, 
sejam protagonistas diretos.

O Osvaldo Cruz trouxe, no uniforme, a novidade de dois
patrocinadores, um deles uma emissora de rádio

O goleiro visitante xingou e logo a 5 minutos
recebeu um dos cartões amarelos mais rápidos da
história do inacabado Tonicão

Não havia sol, mas o lugar à sombra estava lá,
preenchido pelos torcedores que, sem cobertura, tomaram chuva

O treinador do Osvaldo Cruz estava, dessa vez, mais tranquilo

A placa de madeira da época do onça foi levantada indicando
três minutos de acréscimos no primeiro tempo, mas...

... como o Osvaldo Cruz fez cera, 1 minuto a mais foi acrescido e,
assim, ficou exposta a placa 'adaptada' com fita crepe, transformando
o número "10" em "1". Que fase!

O goleiro Augusto falhou no primeiro gol marcado pelo
Osvaldo Cruz, mas tem crédito de sobra pelos excelentes
dois jogos anteriores que fez no Tonicão

No intervalo do jogo os cumprimentos apaziguados com
a arbitragem

Depois de anos sem cobertura do futebol na cidade,
enfim a figura dos repórteres de campo reaparece no Tonicão

O público feminino atendeu ao apelo da diretoria 
do Atlético Assisense e deu brilho especial à Geral

A bola parou, no intervalo, para os 22 jogadores,
mas passou em pés e mãos dos repositores

Intervalo de jogo e o momento de colocar
a conversa em dia

Amarildo Ramos é de Paraguaçu, mas repete, há alguns anos,
a rotina de vir a Assis prestigiar o futebol local

Dorival, figura querida na Vila Santa Cecília, era só risos
no intervalo, divertindo-se com a língua
afiada dos torcedores implacáveis

Claudinho, gráfico do jornal Voz da Terra, dessa vez
foi vestido de Vocem, acompanhado do filho, de Assisense

Jota Paes é mais um dos jornalistas assisenses que em décadas
passadas trabalharam na cobertura do futebol profissional de
Assis, mas que hoje assume a condição de espectador 

Paraíba Serezani, depois da conversa no intervalo,
também acreditava ao menos no empate

A presença de casais nos jogos no Tonicão
comprova que ir ao estádio nas manhãs
de domingo torna-se uma excelente alternativa de lazer 

Pai e filhas prestigiando o Falcão do Vale

A presença de crianças dá um colorido especial
à arquibancada

Concentração total do garotinho

Diálogo de intervalo

Várias gerações reunidas com um mesmo objetivo...

... atendendo à convocação para passar a manhã de Dia das
Mães no estádio

Estádio inacabado proporciona cenas como essa: público 
retornando à arquibancada depois de correr e buscar
abrigo da chuva. Cadê a cobertura?

Torcedor símbolo do setor de Geral do
Tonicão: domingo nem o técnico Seixas
escapou da língua afiada

Sem dúvidas, a presença feminina deixa o Tonicão
muito mais simpático

A mamãe levou o bebê ao estádio...

Assessora do Atlético Assisense registra tudo

Pense num torcedor bravo com o time...!

Função de médico de jogo de futebol exige longas
corridas e garrafinha de água na mão

As tradicionais jogadas pelas laterais
dessa vez não funcionaram para o Assisense

Conversa concentrada entre as irmãs

O garotinho fez das arquibancadas um
espaço para brincadeiras

Com a chuva, a vovó ajudou a filha a retirar o bebê das
arquibancadas descobertas do Tonicão

Com chuva o jeito foi buscar proteção onde dava

Nuvens negras no céu, em um domingo em que
nada deu certo para o Atlético Assisense

Enfim, a cena de um radinho de pilha no Tonicão

A conversa estava mais interessante que o jogo

Torcedor prevenido, que conhece o Tonicão, vai
a jogo prevenido

Gabi, torcedor conhecido nas arquibancadas do Tonicão

Presença feminina

Com 2x0 para o Osvaldo Cruz a torcida deixou o
estádio, mas a cada lance de perigo, parava na rampa para
uma conferência básica

Banco de reservas do Atlético Assisense

Ver ao final do jogo no portão de saída do Tonicão
proporciona essa cena

Jogadores do Osvaldo Cruz cumprimentam-se
com missão cumprida e, então, retorno à base.

Da série "é o blogueiro que fotografa o público ou
o público que fotografa o blogueiro?", Amarildo Ramos
registrou o reencontro em sua página no Facebook. Generosidade
e paixão pelo futebol.


Um comentário :

Amarildo José Ramos disse...

Bacanaaaa meu caro amigo Claúdio Messias...bela matéria e bela reportagem do jogo...estaremos sempre acompanhando toda vez que pudermos...
Continue com o seu belo trabalho e conte conosco..
Amarildo José - Paraguaçu Paulista