Jovem Pan Online - RSS

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

PERSONAGENS - Atlético Assisense 0x2 São Carlos


O estádio é inacabado, a Prefeitura é incompetente, mas, que o Tonicão é
imponente, ah, isso é! Deveria ser mais respeitado e bem cuidado.

O aquecimento é quase um balé de atletas, cena pouco vista e-ou prestigiada pela
torcida, que costuma chegar em cima da hora

O ninho da coruja está mais vazio e prevalece a dúvida: os filhos
bandearam ou a mãe é que bateu as asas?

A torcida organizada veio de São Carlos e marcou presença no inacabado Tonicão

A faixa corresponde a uns 400% do tamanho da organizada sãocarlense

O São Carlos entrou primeiro...

... e, time grande que é, cumprimentou a torcida adversária...

... e depois agradeceu pela presença da organizada sãocarlense.

Antes de entrar em campo, aquela força, com os derradeiros discursos de líderes

E não é que teve bebezão de mascote na entrada em campo?

O trio de arbitragem entrou mais tarde que o normal em campo

Ena retórica da boa educação, time grande entra em campo e
cumprimenta a própria torcida e,...

... depois, cumprimenta a torcida adversária.

Na Segunda Fase a Federação brinca de ser séria e equipa a arbitragem
com pontos eletrônicos de comunicação

O novo look da simpática repositora de bolas

O goleiro Augusto foi advertido pelo árbitro sobre algo errado com a roupa
que usava debaixo do uniforme...

... foi para o banco, retirou a tal peça irregular...

... foi apoiado pelos companheiros...

... retornou a campo já com o Hino Nacional sendo executado...

... mas não sem antes trocar uma ideia com a arbitragem...

... tempo suficiente para ajeitar-se e entrar em formação regular...

... enquanto o árbitro ajeitava a gola da camisa.

Ao estilo 'ordem unida' o Falcão do Vale segue a tradição

Já o São Carlos, que repete as cores da antiga Sãocarlense, manteve a
postura comum em respeito ao Hino Nacional

No banco do Atlético Assisense, iguais união e respeito

Terminado o Hino Nacional o goleiro Augusto saiu em cumprimento aos árbitros
esquecendo-se que ainda havia o Hino de Assis: primeira falha do dia

O trio de arbitragem teve atuação regular no jogo

O tradicional cumprimento entre as equipes


Moedinha pra cima e a saída de bola pertenceu ao São Carlos

Torcida grita os nomes dos jogadores daqui, atletas acenam de lá...

O São Carlos demonstrava, desde o início, uma determinação
incomum em visitantes

O Atlético Assisense tinha, igualmente, união, mas, faltava algo...

O primeiro gol, logo no início, baixou o astral do Falcão do Vale

O objetivo estava cumprido e o drama do Atlético Assisense só começava

O famoso setor de cobertas do Tonicão estava 'lotado': prova da
incompetência de quem se propõe a gestar o esporte em Assis

Tudo tranquilo no banco de reservas do São Carlos

O ingresso estava garantido na mão do garotinho...

... e garantiu meia-entrada.


Essa história da corneta rendeu muito. E terá desdobramentos. Aguarde...

O público feminino continua prestigiando os jogos do Falcão

Esse braço representa muito no simbólico amor de filho para pai

A elegância da juventude feminina que comparece ao Tonicão

A rapaziada também comparece

Beleza feminina em destaque nas arquibancadas

E lá, do outro lado, mãe e filha se entrelaçam

Quem conhece a história da antiga Sãocarlense sabe bem
que recordação essa roupa traz

A nova geração marca presença nas arquibancadas

A manhã é de inverno, mas o sol parece ser de verão: e dá-lhe hidratação

E cada um se protegia do sol como podia, em estádio sem cobertura

Lembra do torcedor com a corneta? Então... a torcida exigiu 'silêncio'
 e ele, atendeu.Mas, ainda haverá desdobramentos. Adiante.

O Atlético Assisense insistia, exageradamente, em jogadas aéreas

Beleza feminina em destaque, mais uma vez

E se o destaque é a beleza feminina, pedir 'bis' nunca é demais!

Os lances de jogadas aéreas, via de regra, paravam na forte defesa do São Carlos

Digamos... tris.

Jogada de bola parada, no ataque do Falcão...

... mas, via de regra, novamente, a defesa adversária saía na vantagem.

Antes do reinício do jogo, aquela fé sãocarlense.

A saídsa de bola, na etapa complementar, pertenceu ao Falcão do Vale

Tudo azul no reflexo dos óculos da jovem

Encontro de muitas gerações nas arquibancadas do Tonicão

Toda a elegância do tiozinho do chapéu

Bola aérea na defesa do São Carlos era uma certeza:
nas mão so dgoleiro adversário

Esa bola, no início do segundo tempo, acertou a trave esquerda do São Carlos

Muita tensão nas orientações sãocarlenses

Segurança privada no Tonicão nessa fase final

E o segundo gol, também no início da etapa complementar, foi um
balde de água fria nos planos do Atlético Assisense

E a galera jovem faz das arquibancadas um point no Tonicão

Captura de imagens no Tonicão

Da série "é o cinegrafista que está filmando o blogueiro ou é o
blogueiro quem está fotografando o cinegrafista?"

Em primeiro plano, um atendimento de celular normal...

...mas, aos poucos, vai aparecendo um copo de água...

... na outra mão. E fica a pergunta: com que finalidade?

Toda beleza feminina será respeitada.

Nessa hora a voz da experiência diz: "que jogo é esse?"

Cabelos...

E o calor não dava chance pra ninguém. Mesmo assim, sem
parada para reidratação dos atletas


Era bola lançada na área do São Carlos e defesa prevalecendo

Essa expulsão sepultou as chances de reação do Falcão

O que dizer desse jogo, voz das experiência?

O pai deve perguntar ao filho: que futebol é esse?

O atleta, cirurgiado, recupera-se

Dois bonés vermelhos, um branco

O apoio feminino vem das arquibancadas

Sem corneta, o que restou ao torcedor foi sentar... e lamentar.

Nandes, a voz da experiência do Tonicão: um exemplo

Fim de jogo: vitória incontestável do São Carlos

Os tradicionais cumprimentos finais: não deu para o Falcão

O respeito prevaleceu no final: superioridade dos visitantes.

Nenhum comentário :