Jovem Pan Online - RSS

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PRELIMINAR - Atlético Assisense x São Carlos, o duelo dos 'iguais'


TROCA
Se a equipe gestora do São Carlos depender do GPS para localizar o estádio Tonicão, não chegará ao local do jogo desse domingo, às 10h00. No site do clube consta que Atlético Assisense x São Carlos jogarão no estádio Antonio "Vieira" da Silva. O nosso Tonicão, pra ele, é Toniqueira.

FÁBULA
E passada a Primeira Fase e frustrados os planos políticos de vergonhosa exploração do futebol profissional, agora a banda enterrada tentar colocar a cabeça para fora da cova. E pedir a mão de quem sobreviveu na Segundona. Seria como o lobo mau que, depois de comer a velhinha (sem analogia), agora passa-se por ela para seduzir a netinha. Golpe baixo. A torcida é jovem, mas não é besta.

FÚNEBRE
Pode haver sepultamento simbólico nas arquibancadas do Tonicão nesse domingo.

DE NOVO
O TJD novamente fez notificação pública à diretoria do Atlético Assisense, nessa semana. O motivo: eventual não pagamento, ainda, de taxa de arbitragem para disputa do torneio sub-20. O valor: R$ 1.225,00. Jogo do dia 15 de agosto.

AQUÍFERO
Se a Segundona é o fundo do poço do futebol paulista, como define o blogueiro, o Osvaldo Cruz atingiu, digamos, o aquífero Guarany. Mais uma punição no TJD, por escalação irregular de jogadores. Agora, o Azulão está, na tabela, com 6 pontos negativos. Jogo do dia 9 de agosto, na goleada sofrida, em casa, para o Noroeste: 5x0. 

AQUÍFERO II
Dessa vez, pela reincidência, o Osvaldo Cruz sentiu mais forte no bolso o peso da punição do TJD. Além da perda de 3 pontos em seu ativo, o clube ainda foi multado em R$ 2 mil. E se desgraça pouca é bobagem, na próxima segunda-feira o Tribunal ainda julga o derradeiro jogo do Azulão, contra o Grêmio Prudente, na sonora goleada de 10x2. Mais 3 pontos a perder e, pior, multa adicional.

BRONCA
O presidente do Olímpia, que está no Grupo 5, do Atlético Assisense, aprendeu em 2015 que esbravejar e coronelizar não leva a nada. Julgado no TJD, em complexo processo, ele escapou, nessa semana, de punição que poderia levá-lo, entre outras hipóteses, a deixar a gestão do clube. 

FORA
Gabriel Virgulino, do Atlético Assisense, pegou um jogo de suspensão pela expulsão no derby contra o Vocem. Já cumpriu a punição do TJD, ficando fora contra o América, domingo passado.

SEM TETO
O Taboão da Serra perdeu, no TJD, dois mandos de campo. Como havia entrado com recurso, optou por aguardar a decisão final do Tribunal, que saiu nessa segunda. Por 3 votos a 2, além de perder dois mandos, a serem cumpridos nessa Segunda Fase, o Taboão ainda terá de pagar multa de R$ 4.500,00 pela confusão armada em jogo realizado no returno da Primeira Fase.

SEM TETO II
A prevalecer a decisão do TJD, o Taboão da Serra tende a não realizar o confronto contra o Atlético Assisense, dia 28 de agosto, pela segunda rodada da Segunda Fase, em seu estádio, o Vereador José Ferez. Pode, como feito em ocasiões anteriores, apelar ao estádio Baetão, em São Bernardo do Campo, ou levar o jogo para Itu.

REFORÇOS
O Atlético Assisense registrou nessa quinta-feira mais uma opção para o técnico Seixas. Davi Borges Oliveira, de 20 anos, chega para ser titular no meio de campo. Está no BID, da CBF, e, portanto, com documentação liberada para estrear domingo. O jogador não estava atuando no futebol paulista.

REFORÇOS II
A harmonia das relações entre Atlético Assisense e Cândido Mota não param de coincidir. Gabriel Modesto, reforço apresentado nessa semana, é nascido na vizinha cidade. Aos 22 anos de idade, ele vem de passagem pelo Cotia, na Série A-3, em 2015, com 10 jogos. O atleta também passou pelo São Paulo, em 2013, disputando o Paulista Sub-20 e a Copa São Paulo.

REFORÇOS III
O São Carlos chega a Assis com quatro reforços. São jogadores com passagem anterior pelo clube, que, por sinal, tem um excelente trabalho com as categorias de base. Luis Guilherme, Tuco e Marcus Vinícius estão com a documentação regularizada e listados para o jogo de abertura da Segunda Fase.

REFORÇOS IV
O Grêmio Prudente contratou dois reforços por empréstimo nessa semana. Luiz Felipe e Samuel Anacleto, ambos com 19 anos de idade, chegam como parte do projeto de, enfim, conduzir o time prudentino à Série A-3. 

RETORNO
O ligeiro Rafael Palma Tomilheiro, o Rafinha, chega a Assis nessa semana. Deve assistir ao jogo, domingo, do clube que o revelou. Em férias no futebol da Tailândia, Rafinha é um dos talentos que passaram pelas mãos de Carlos Antunes do Rosário, o Boi, na escola Peraltinha, berço do Atlético Assisense. Como tem mais de 23 anos de idade, não pode negociar sua estada, por empréstimo, ao Falcão do Vale. Interesse de ambas as partes não faltou.

PROFISSIONALISMO
Está cada vez mais estreita a relação entre Vidotti e Carlos Alberto Seixas. E o projeto de um Atlético Assisense cada vez mais profissional ganha corpo. E com um detalhe importante: a discrição é marca registrada desses dois profissionais. #AvanteFalcao.

DENTRO E FORA
Única emissora a cobrir os jogos dos dois clubes de Assis na Primeira Fase, a Cultura AM colhe os frutos da gestão profissional que adotou. Zé Camargo, chefe da equipe esportiva, fecha apoio para a transmissão dos jogos do Atlético Assisense também fora de Assis. Histórico de 30 anos de apoio ao futebol profissional de Assis.

 FORÇA,  AUGUSTO 
Todas as orações voltadas para a recuperação plena de meu amigo Augusto César, com quem trabalhei nas cabines de imprensa dos estádios da vida desde a década de 1980. Se o primeiro enfarto a gente nunca esquece, o segundo a gente não ignora. Palavra de blogueiro cirurgiado cardíaco.

ENUNCIADO DA SEMANA
"Quem planta vento, colhe tempestade".

Nenhum comentário :