Jovem Pan Online - RSS

sábado, 1 de agosto de 2015

INTERVALO DE JOGO - Noroeste tem vitória parcial 'magra' sobre José Bonifácio

Cláudio Messias*

O Fernandópolis quase colocou água no chope da esperada festa conjunta de classificação antecipada do Noroeste no final de semana de aniversário da cidade de Bauru. A goleada de ontem à noite (9x0) sobre o Osvaldo Cruz manteve o Fefecê no G-4 e, assim, estagnou em 6 pontos a distância do Norusca em relação ao quinto colocado do Grupo 1, agora o Vocem. Isso, faltando duas rodadas para o término da Primeira Fase da Segundona 2015.

Nessa manhã de sábado, contudo, o Noroeste está fazendo sua parte e é mais uma agremiação a abater o já eliminado José Bonifácio nessa temporada. A vitória é magra (1x0) e não corresponde à festa esperada no estádio Alfredo de Castilho. Gol assinalado por Maquelelê, aos 12 minutos iniciais. Esse resultado, como afirmado, mantém a distância de 6 pontos em relação a Vocem e Fernandópolis, porém o time de Bauru chega a 10 vitórias, ante 7 de seus rivais de G-4 que brigam pela quarta vaga da chave. Ou seja, por mais que o Noroeste sofra duas derrotas na reta final e Vocem e Fernandópolis vençam seus desafios, todos empatam em pontos, porém com a vantagem do time bauruense de ter uma vitória a mais.

Quem não está gostando nada desse resultado parcial de Noroeste 1x0 José Bonifácio é o Grêmio Prudente. O time prudentino cai, no momento, para a segunda colocação na chave e, com a vitória de ontem do Fernandópolis, tem ameaçado o projeto de classificação para a Segunda Fase. Depende, agora, de 2 pontos para avançar, mas a informação que circula na imprensa esportiva regional é que prevalece a ordem de vitória, hoje à tarde, sobre o Vocem, no Prudentão. Duas seriam as circunstâncias que justificariam tal ordem: fazer jus ao alto investimento aplicado no clube até aqui e, principalmente, derrotar uma agremiação comandada pelo técnico Tupãzinho, que até mês passado era técnico do time prudentino. Desavenças de acertos pós-demissão do treinador, tipo de assunto que, via de regra, é melhor não entrar. Cada um, pois, com seu quadrado.

Crédito - O blogueiro acompanha o desenrolar de Noroeste x José Bonifácio na transmissão da rádio 87,9FM, de Bauru.



* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.




Nenhum comentário :