Jovem Pan Online - RSS

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

DESFALQUE - Aguiar, artilheiro do Atlético Assisense, vai jogar em Portugal

Cláudio Messias*

Mateus Aguiar fez história no futebol de Assis. Foi artilheiro isolado da Segundona 2015 em um momento da competição em que jogar contra adversários como Osvaldo Cruz, Bandeirante e José Bonifácio era uma verdadeira pedreira, e não 'baba', como ocorreu na reta final da Primeira Fase. Com esse retrospecto de glórias Aguiar, com 11 gols, encerra sua participação no Clube Atlético Assisense.

Aguiar foi liberado pela diretoria do Atlético Assisense para negociar com um clube da segunda divisão do futebol português. O atacante, revelado pelo Noroeste, de Bauru, está a caminho da Europa e apresenta-se ao Sporting Clube Covilhã nessa quinta-feira. Ele era, no Brasil, sondado por equipes como Palmeiras e Cruzeiro.

O novo clube de Aguiar foi fundado em 1923 e já esteve na Liga 1, a primeira divisão de Portugal, por 15 vezes. Hoje, passadas duas rodadas desde o início da temporada 2015-2016, é o décimo terceiro colocado na classificação, somando uma vitória e uma derrota em dois jogos disputados. Vale ressaltar que clubes tradicionais de Portugal, como Benfica, Porto e Sporting mantêm, nesse torneio, suas equipes B.

Mateus de Aguiar Guerreiro tem 20 anos de idade e é nascido em Bauru. Completará 21 anos dia 17 de outubro. Ele tinha contrato com o Atlético Assisense até 30 de agosto e já sabia das muitas propostas por seu futebol. Com vigor físico excelente e uma técnica diferenciada, esse meia-atacante carrega consigo um capital simbólico importante, que é a humildade.

Bem comportado nas quatro linhas e com disciplina elogiada pelos dirigentes do Falcão do Vale, Aguiar sempre teve uma vida exemplar dentro e fora dos gramados. Em campo, esteve em 16 dos 18 jogos do time de Assis na Segundona 2015. Entrou para a história do derby local fazendo um dos gols da vitória sobre o Vocem (2x0) no dia 6 de junho, no estádio Tonicão, jogo considerado marco da reabilitação do time no campeonato.

A despedida de Aguiar ficará na lembrança do torcedor do Atlético Assisense em um dos jogos mais importantes da reta final da Segundona. Foi dele o gol de empate com o Fernandópolis (1x1), dia 19 de julho, no estádio Tonicão, em Assis. Seria a derradeira vez em que o atleta balançaria as redes pelo clube que, vitrine, o colocou no futebol europeu.

Reforços - A saída de Aguiar tende a ser compensada com a chegada, a Assis, de alguns reforços. Um dos principais deles é Gabriel Modesto, de 22 anos, revelado pelo São Paulo. O curioso é que ele faz o trajeto inverso de Aguiar, pois passou por Portugal na temporada 2013-2014, jogou pela Portuguesa, da capital, em 2014 e nesse ano disputou a Série A-3 com o Cotia. Está integrado ao elenco e, com a documentação regularizada, estará à disposição do técnico Carlos Alberto Seixas que, a partir de agora, também assume a condição formal de vice-presidente do Falcão do Vale.

Mateus Aguiar no jogo contra o Fernandópolis, confronto
em que marcou seu último gol pelo Atlético
Assisense: apresentação em Portugal nessa quinta-feira

* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :