Jovem Pan Online - RSS

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

BILHETERIA - Segundona duplica média de público na Segunda Fase

Cláudio Messias*

Agora são apenas 12 clubes em disputa, decidindo em dez rodadas quais serão os 4 classificados para a Série A-3 de 2016. Com esse atrativo o público das seis primeiras cidades cujos clubes receberam jogos na primeira rodada da Segunda Fase da Segundona 2015 melhorou consideravelmente. Em relação à média geral da Primeira Fase a média de público mais que triplicou.

A Inter de Bebedouro continua sendo o maior fenômeno de bilheterias da temporada. No final de semana passado 1.852 torcedores pagaram ingressos para ver a vitória (3x2) sobre o Fernandópolis, no estádio Sócrates Stamato. Ingressos vendidos a R$ 40 no setor de cadeiras, R$ 20 na arquibancada. Diretoria, porém, empolgou-se, encomendando 7.300 ingressos e, assim, devolvendo 5.548. Arrecadação de R$ 25.950,00, ante despesas de R$ 3.913,80 e renda final de R$ 22.036,20.

O Atlético Assisense continua protagonizando misterioso registro de público no estádio Tonicão. Depois de surpreender às mais de mil pessoas que foram ao derby Atlético Assisense 0x2 Vocem, na antepenúltima rodada da Primeira Fase, com público de 724 pagantes, agora o Falcão do Vale divulga público de exatos 724 pagantes para Atlético Assisense 0x2 São Carlos, domingo passado, com a sensação de que havia bem menos torcedores nas arquibancadas. Arrecadação de R$ 9.217,00, para despesas de R$ 2.756,00 e, assim, renda de R$ 6.460,00.

Se o Diadema foi 'imbatível' no fator pior desempenho em bilheterias na Primeira Fase, agora o Lemense é que assume essa condição. O time de Leme havia levado 1751 pagantes na fase anterior e, domingo passado, atraiu 351 torcedores ao estádio Bruno Lazarini no empate sem gols com o Manthiqueira. Em números, 15 torcedores a mais no outro empate sem gols entre Jabaquara x Taboão da Serra.

No Ranking das Bilheterias organizado pelo Blog a liderança é da Inter de Bebedouro, que colocou, até aqui, 15.820 torcedores no estádio Sócrates Stamato. É mais que o dobro se comparado aos 7.433 torcedores que o Grêmio Prudente colocou, até aqui, no estádio Prudentão.

A média de público da Segundona também melhorou consideravelmente. De 475,7 pagantes por rodada, na Primeira Fase, agora o torneio registra 922,33 torcedores passando pelas bilheterias. Ao todo, em 276 jogos realizados (dois W.O), 74.202 torcedores pagaram ingressos.


* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :