Jovem Pan Online - RSS

segunda-feira, 7 de abril de 2014

FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA - 07/ABR



NOVOS CAMINHOS
A empresa Andorinha começará a operar linha que liga Assis a Ribeirão Preto. Segundo meu amigo DellaCasa, a companhia recebeu autorização provisória para operar no trecho, mas esse status tende a ser definitivo.

NO AR
Ednaldo Augusto, que durante anos trabalhou na rádio Cultura de Assis, colocou no ar, na semana passada, a Rádio América, que pode ser sintonizada somente na internet. Hoje em Marília, o radialista executa, em fase experimental, somente músicas na nova emissora. Mas, anuncia programação com locutores durante 24 horas, já em maio.

ONLINE
Minha amiga Bruna Fernandes confirma-se, a meu ver, como a maior revelação do jornalismo regional das últimas décadas. Não bastasse ser competente, ainda agrega no currículo o exímio modo como faz gestão da comunicação. Seu site, o Assiscity, é um sucesso indiscutível. E, agora, vem a Rádio Assiscity, versão online que segue a tendência da convergência das mídias, adotada pelos grandes grupos de comunicação do planeta.

ONLINE II
A Rádio Assiscity Online estreou nesse domingo, transmitindo ao vivo o confronto Vocem 2x1 Presidente Prudente, no estádio Tonicão. Com narração de Augusto César e reportagens/comentários de Carlinhos Perandré, a cobertura da equipe de Bruna Fernandes salvou quem está fora de Assis e quer acompanhar os jogos dos clubes de Assis.

ONLINE III
Bruna trabalha em parceria com o namorado, Arildo Blefari. Arquiteto, o rapaz mostra-se, também, competente gestor. E o próximo compromisso do casal e da equipe Assiscity será domingo, às 10h00, no confronto Assisense x Osvaldo Cruz, pela segunda rodada da Segundona.

GVT
Aqui em Campina Grande assinei a GVT como fornecedora de serviço de internet. Tudo muito bom, desde que não chova. Uma simples garoa e o sinal desaparece. Mérito, tenho de reconhecer, da Cabonnet, que via cabo tem sinal estável, mesmo em dias de tempestade.

FULL HD
Experimentei, em meus últimos dias em Assis, o sinal digital da TV Tem. E cá cheguei, em Campina Grande, com a TV Paraíba pegando em qualquer canto da cidade, com sinal digital. Nem vou entrar em detalhes sobre o que vi da TV Tem e o que vejo aqui. O que posso dizer é que espero que a TV Tem ainda esteja em fase de testes com essa tecnologia e melhore com o passar do tempo.

RODA A VIDA
O vereador Reinaldo Nunes, o Português do PT, postou nas redes sociais foto em que funcionários da Prefeitura realizam serviço que atenderia solicitação, sua, para a instalação de uma rotatória em determinada via da cidade. Dessa vez, contudo, o edil petista não lançou a mesma ironia que caraterizava suas postagens quando o ex-prefeito Ezio Spera reformulou o trânsito de Assis e instalou diversas rotatórias na Sucupira do Vale.

RODA A VIDA II
Na mesma postagem, feita no Facebook, outro vereador cobrou, indiretamente, paternidade pelo serviço de instalação da referida rotatória. Alexandre Cachorrão disse ter sido autor de igual pedido, anteriormente, e concordou com Português que o atendimento, pela Prefeitura, ocorria com atraso.

SHOW DE BOLA
Ana Yaslle, de Assis, integrará a dança de abertura oficial da Copa do Mundo, em 12 de junho. Ela, que é bailarina e professora, foi selecionada para levar leveza, beleza e carisma para o espetáculo que abre a maior competição de futebol do planeta.

SABATINA
O prefeito dos 15 mil votos foi à Câmara nessa noite de segunda-feira. Acompanhei parte do 'diálogo' prefeito/vereadores pelo site do Legislativo, transmissão, aliás, digna de elogios no quesito qualidade e estabilidade (sem delay). Não entro nos detalhes do que foi discutido, pois não estou em Assis. Uma coisa, contudo, é preciso reconhecer: diante do caos em que se encontra a Sucupira do Vale, o chefe do Executivo, ao menos, foi ao Legislativo dar a cara a tapa. Coragem que faltou a antecessores em iguais momentos em que a cidade ficou jogada às traças.

SABATINA II
E são as redes sociais o principal canal que depõe contra os 16 primeiros meses da gestão de Ricardo Pinheiro. Se antes os eleitores apelavam para a peneira que emissoras de rádio e jornais impressos faziam mediante ao que permitiam os contratos fechados com o Poder Executivo, nos famosos quadros "boca no trombone", agora os moradores protagonizam as próprias denúncias, postando fotos no Facebook, por exemplo. Matagais, lixo espalhado por vias urbanas e falta de manutenção de prédios públicos são alguns dos elementos que, aos olhos da coletividade, dão mostras de que realmente a cidade está bem largada.

SABATINA III
E, por fim, parece não ter jeito. A secretária da Educação realmente esforça-se para agradar, como fez nessa noite, na Câmara. Fica, apenas, no esforço. Lamentável, ainda, que a titular da pasta esforce-se apenas para agradar, desvirtuando, como é consenso, de sua principal finalidade cotidiana, que é fazer a gestão de um dos principais pilares de qualquer das esferas do Executivo. Portanto, se Ricardo Pinheiro realmente pensa em reestruturar o andamento de seu trabalho nos próximos 2 anos e meio, que inicie a reforma pela Educação. Reforma de secretariado, já! Mais ação nas próprias mãos e menos sonhos na FGV.

ANTES TARDE...
A sabatina a Ricardo Pinheiro terminou às 23h45 e entrou no pedido de prorrogação dos trabalhos submetido ao consentimento e aprovado pelos vereadores. Assim, o presidente da Casa, Paulo Mattiolli, ao iniciar o expediente da noite, contou com igual consentimento dos vereadores e estendeu os trabalhos até a 1h00 da madrugada.

... DO QUE NUNCA
No balanço geral, boas, razoáveis e péssimas intervenções dos vereadores, ora cobrando com pertinência o prefeito, ora rendendo-se a questionamentos infundados, baseados em especulações e boatos. Na tranquilidade de Ricardo Pinheiro a sensação de certeza de que tudo o que ocorre de errado em Assis pode ser resolvido de forma igualmente tranquila. Tão simples e complexo como seria renovar todo o secretariado e segundo escalão, expectativa geral da Câmara e daquela totalidade da população que o Legislativo representa.

OCO
A mesma população que cobra a Prefeitura nas redes sociais não é, infelizmente, aquela que vai à Câmara em ocasiões em que pode ficar frente a frente com vereadores e o prefeito, como ocorreu na noite dessa segunda. Nas tomadas de imagem feitas pela TV Câmara havia um público no início e outro, bem menor, no final. Nada, com certeza, comparado ao número de autores das verborrágicas postagens feitas, por exemplo, no Facebook.

UM OLHO NO GATO...
Enquanto transcorria, na madrugada, a sessão ordinária, na Câmara, alguns vereadores mantinham postagens em tempo real no Facebook. Reinaldo Nunes fazia uso da tribuna e ao mesmo tempo em que o ouviam, colegas edis lançavam textos no Facebook.

... OUTRO NO PEIXE
Eduardo Camarguinho, Alexandre Cachorrão e Valmir Dionísio eram alguns dos vereadores conectados que prestavam contas, online, com os amigos de Facebook.

SINUCA
Confesso estar na expectativa sobre a maneira como o delegado Sidney Carli dará desfecho à postagem que fez, nesse domingo, no Facebook, relacionada ao episódio que envolveu estudantes da Unesp e seguranças do hiper center Avenida Max. Em um delongado texto o delegado apontou o que, na lei, contempla cada um dos lados envolvidos. O que parecia um plano de aula de Carli, que é professor em curso de Direito, desdobrou-se em tenso debate na rede social, uma vez que a postagem foi feita aberta, ou seja, para visualização de quem é amigo do delegado e quem é amigo dos amigos daquele autor. Tanto quem é a favor dos unespianos quanto os que são contra fazem, nos comentários, perguntas que exigem respostas tão elaboradas quanto o conteúdo geral da postagem.

CÁ ENTRE NÓS...
... depois da sabatina dessa segunda-feira, na Câmara de Assis, pode-se dizer que há bancada de situação, atualmente, na cidade?

CAUSO
Um conhecido e extremamente conceituado otorrinolaringologista de Assis usufruiu da agilidade que uma agência do Poupatempo proporciona para o processo de renovação da Carteira Nacional de Habilitação e, assim, casou viagem de lazer e serviço para ir a Presidente Prudente, semanas atrás. Lá chegando, com a humildade que lhe é peculiar, o experiente médico submeteu-se a todos os procedimentos, inclusive o de perícia médica. Um portador de habilitação médico sendo, pois, avaliado por outro médico, com o diferencial de que um sabia, obviamente, que o outro era médico, enquanto a outra parte desconhecia que aquele avaliado, com seu jeito simples e tranquilo, era colega de profissão. E eis que o uso de lentes corretivas por parte do assisense o fez ter dificuldades para enxergar parte das letras expostas na avaliação. Exame retido, argumentos insuficientes, lá foi o médico  avaliado encaminhado para outra parecerista que, ao ver o nome do pleiteante de renovação então retido, interessou-se pelo sobrenome. E perguntou, também com humildade, se aquele senhor tinha algum parentesco com um estudante de Medicina com passagem, anos antes, por Prudente. Sorridente, o médico omitiu que aquele estudante de Medicina, hoje formado, é seu filho. E, novamente avaliado, foi aprovado no teste definitivo, uma vez que, se houvesse problema ali, o mesmo não estaria no paciente, mas nas lentes corretivas. Assim, o otorrino retornou a Assis, dirigindo seu carro, com a CNH revalidada e (1) sem dificuldade alguma para ler as placas de beira de estrada e (2) com orgulho pelos elogios que ouviu sobre o estudante de Medicina homônimo quando da suposição feita pela sensata médica que o avaliara.

Nenhum comentário :