Jovem Pan Online - RSS

domingo, 13 de abril de 2014

Cartões amarelos jogam Assisense para a 4ª colocação

Cláudio Messias*

Com a disponibilização, no site oficial da Federação Paulista de Futebol, das súmulas de todos os jogos válidos pela segunda rodada da Segunda Divisão do Campeonato Paulista de 2014 já é possível compor a tabela de classificação do Grupo 1, em que estão Atlético Assisense e Vocem. O Falcão do Vale, com a vitória de hoje sobre o Osvaldo Cruz (2x1) passou a dividir posição com o Bandeirante, de Birigui, vítima do Vocem na última sexta-feira (2x0).

Bandeirante e Atlético Assisense empatam com 3 pontos, uma vitória, uma derrota, 2 gols marcados, 3 gols sofridos e saldo negativo de 1 gol. Pelo regulamento da Segunda Divisão, como critério de desempate é usado, de acordo com o Artigo 15, o número de cartões vermelhos e amarelos, consecutivamente, para definir a vantagem. Afora isso, caso o desempate decida vaga ou título, somente sorteio pode ser aplicado.

Nesse quesito aplicado pelo Artigo 15 do Regulamento Bandeirante e Atlético Assisense também empatam em cartões vermelhos, pois seus atletas ainda não foram punidos com expulsões nos dois confrontos disputados. Somente no fator cartões amarelos a vantagem fica com o clube de Birigui, que teve 5 punições até aqui, ante 6 da agremiação de Assis. Com isso, o Bandeirante ocupa, agora, a terceira colocação, seguido do Atlético Assisense.

No levantamento proporcionado pelas súmulas dos jogos da primeira e da segunda rodada já dá para saber qual a agremiação mais faltosa até aqui no grupo 1. O Presidente Prudente cometeu 35 infrações, seguido por Osvaldo Cruz, com 34 e Vocem, com 32. O Bandeirante é o time mais comportado, com 27 faltas cometidas no total.

Vale ressaltar que compete, ainda, conferir a tabela abaixo com o que a Federação irá atualizar, provavelmente, amanhã.



*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

Um comentário :

Anônimo disse...

Gostei da apresentação do Assisense, jogou com bola no chão e conseguiu furar a retranca do time de Osvaldo Cruz. Se contratar mais alguns jogadores para reforçar o elenco, principalmente um meio campista que faça a bola chegar com mais qualidade no ataque, o Assissense pode chegar lá.