Jovem Pan Online - RSS

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Atlético Assisense apresenta Assis, volante do Sinop

Cláudio Messias*

Um fato curioso, hoje pela manhã, fez lembrar uma circunstância profissional, minha, decorrida desde outubro do ano passado. Volto a esse assunto no final do texto. Porque o inusitado que merece destaque refere-se ao Clube Atlético Assisense, que entra na reta final de contratações, ao menos para essa primeira fase da Segunda Divisão do Campeonato Paulista de 2014. Nessa quarta-feira foi apresentado Thiago Maschietto Lúcio, volante, para compor o elenco que hoje lidera o Grupo 1 da competição. O jogador tem o apelido de "Assis", cidade que a partir de agora o acolhe.

Thiago veio do Sinop, clube que disputou a Primeira Divisão do campeonato de Mato Grosso. O reforço atende solicitação do treinador Alison Moraes e chega para somar-se a outros 4 atletas com idade superior a 23 anos no grupo (o regulamento da Segundona prevê que somente 3 atletas possam ser listados para os jogos). O volante tem 25 anos e estava em observação havia semanas pelo membro da comissão técnica do Falcão do Vale, Pedro Araújo, profissional que entre os vários méritos somados em seu currículo, ajudou a formar o elenco do Marília Atlético Clube, que duas semanas atrás garantiu acesso à Série A-1 do Paulistão 2015.

A expectativa da diretoria do Atlético Assisense é que Thiago Assis tenha o nome incluído no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, até essa sexta-feira. Se isso ocorrer, o volante estará à disposição do técnico Alison Moraes e poderá jogar nesse domingo, quando o Falcão do Vale recebe o Bandeirante, de Birigui, no estádio Tonicão, às 10h00. Uma vitória nesse confronto coloca o time de Assis na dianteira do Grupo 1, independentemente de outros resultados, uma vez que o atual segundo colocado, o Vocem, perdeu o confronto direto no domingo passado.

Enfim, voltando ao inusitado fato de um jogador de fora vir a Assis e ter como apelido o nome da cidade, em Campina Grande, onde assumi cargo de professor na Universidade Federal que leva o mesmo nome da localidade, ocorreu algo semelhante. O concurso público de contratação foi realizado em setembro do ano passado e reuniu quase 40 candidatos. Somente 4 foram aprovados e classificados. E naquela semana de concurso conheci um candidato que tem como nome próprio Assis, fato curioso que foi motivo de nossas conversas iniciais e, depois, de um início de amizade.

Assis é pernambucano e ficou na colocação exatamente depois da minha no concurso. Assim, fui nomeado em uma semana para assumir o cargo e Assis, duas semanas depois. Lá, na universidade, no entanto, essa coincidência entre um candidato de Assis e um candidato de nome Assis fez gerar uma série de confusões. Por dias fui confundido como sendo pernambucano, enquanto meu colega é que era equivocadamente entendido como sendo originário do Estado de São Paulo. Saí, portanto, de Assis para exercer função docente a 2.800 km de distância e, hoje, tenho como colega de departamento um professor de nome Assis.

E, respondendo ao que perguntaria Tadeu Schmidt, no Fantástico, sabe o que isso significa? Exatamente: nada. O importante, mesmo, é que Thiago Assis chegue, some-se ao excelente elenco do Atlético Assisense e seja mais um elemento naquela que sonhamos ser a vitoriosa trajetória rumo à Série A-3 de 2015.

Foto: Pedro Araújo
Thiago Maschietto Lúcio, volante, veio do Sinop/MT



*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA/USP.

5 comentários :

Carlos Antunes disse...

Na realidade, Thiago Assis iniciou sua trajetória na Escolinha Peraltinha/Assisense com cerca de nove anos de idade, foi para o Cruzeiro aos treze anos, aos 16 foi para o Atlético Mineiro e teve outras equipes mais, o seu retorno ao Assisense, no momento, coincide com o término de seu contrato com o SINOP e com a amizade com os integrantes da Diretoria e Comissão Técnica e, principalmente, a chance de retornara Assis e, enfim, mostrar o seu valor, já que foi embora muito cedo da cidade. Pra nós, do Assisense é uma grata alegria contar com esse belíssimo reforço no elenco.

Anônimo disse...

Se voltou para Assis na SEGUNDONA - QUARTA DIVISÃO é porque não deu certo pro futebol!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

q nem o goleirinho de vcs o carlao ne haha

Anônimo disse...

Carlão não é de Assis e já jogou em times de nomes e não começou neste tal de peraltinha (o que é isso ?)Se informe melhor !!!!!!!!!!

Anônimo disse...

PERALTINHA ERA UMA ESCOLINHA DE FUTEBOL Q FICAVA ATRAZ DO ANTIGO COLEGIO DIOCESANO EM ASSIS, ESSA ESCOLINHA TINHA PARCERIA COM O CRUZEIRO MG E NELA SE NAO ME ENGANO REVELOU ALGUNS JOGADORES PARA O FUTEBOL BRASILEIRO, ME CORRIJA SE ESTOU ENGANADO, O GOLEIRO JEFERSON DA SELEÇAO BRASILEIRA FREQUENTOU A ESCOLINHA DO PERALTINHA!SO ISSO E POUCO?