Jovem Pan Online - RSS

domingo, 26 de abril de 2015

PERSONAGENS - Vocem 5x1 Osvaldo Cruz

Às 9h30 a movimentação de torcedores fora do
Tonicão era tímida


Crianças vinculadas a projetos mirins do Vocem...

...guardaram as bandeiras durante a execução dos hinos.

Trio de arbitragem com cara de regulamento da Segundona,
ou seja, com idade abaixo de 23 anos.



 Jogadores homenagearam o companheiro Muraro,
submetido a cirurgia na semana passada

Belininho foi comparado a Reinaldinho nas arquibancadas
do Tonicão; figura caiu nas graças da torcida

Interessante registro em que o mascote abraça aquele que é
um dos mais fanáticos torcedores do futebol profissional de
Assis: Luiz Carlos Japonês, figura humilde e 'arquivo vivo' da
história do Vocem. 
Cumprimento dos jogadores à torcida, onde, inclusive,
estava parte dos familiares dos jovens atletas

De tão ensaiada, a entrada em campo rendeu atraso que
acabou registrado na súmula da arbitragem.

Belininho foi o centro das atenções antes da entrada
do Vocem no gramado

Todos estavam a postos para a fotografia...

... mas algo não dava certo na máquina fotográfica...

... até que, enfim, foi feito o registro.

O Vocem atrai público de todas as idades
às arquibancadas

Torcida feminina voltando ao estádio nas
belas manhãs de domingo

Futuros craques do Esquadrão da Fé vestem a 
camisa mariana desde pequenos 

Criança vai ao estádio para acompanhar os pais, mas,
jogo que é bom, nada... ou quase nada. 
Algumas das figuras que há décadas cobrem o futebol
 de Assis na imprensa: Cicinho da Mota, presença obrigatória
em cada jogo realizado no Tonicão

Belininho flagrado bem ao estilo 'Coisinha de Jesus', 
dançando ao som da bateria da V.O.

Marinho revelou craques como Paulo Vitor Vidotti,
goleiro do Flamengo. Preparador de goleiros é,
em pessoa, um capítulo vivo da história do Vocem.

Craque da reportagem entrevistando aquele que seria 
o craque do jogo. Carlos Perandré entrevistando
Fabiano Gadelha.




















 Jogadores do Vocem demonstram união antes de a bola
rolar no Tonicão: deu certo.

Não faltou divulgação ao projeto Sócio-torcedor Mariano

O técnico do Osvaldo Cruz era todo pose e máscara
no banco de reservas, volta e meia dando barracos em
meio a um traje elegante de ir à formatura de sobrinha...

Até que o esbravejar deparou com a bronca do árbitro
e o jeito foi disfarçar erguendo as calças.
  
A torcida do Vocem quase gritou gol nessa
cobrança de falta...



... que raspou a trave direita do goleiro
do Osvaldo Cruz.

Fraco, o árbitro quase perdeu o controle
da partida e inverteu faltas dos dois lados 

Com a temperatura mais amena, o 'setor de cobertas' do
Tonicão recebeu público menor nesse domingo

Concentração total no jogo por parte da garotinha

Famílias unidas torcendo juntas pelo Vocem
e, também juntas, tentando se proteger do sol no
estádio sem cobertura

Muitas crianças compareceram ao Tonicão e deram
um brilho especial às arquibancadas

Pelo recheio da esfirra o garotinho salvou, logo cedo,
a refeição completa do almoço.

Torcedor símbolo do Tonicão, não dá
sossego aos reservas adversários nem à arbitragem

Da série "é a torcedora que está fotografando o 
blogueiro ou o blogueiro quem está 
fotografando a torcedora?" 

Garotinho chegou ao estádio e nada de querer ficar
sentado, parado. Deu choro, claro.

Quase mil pessoas pagaram ingressos
para ver a estreia do Vocem no Tonicão

Quanto custa uma placa com marcador digital? 

Quem já fez o caminho de volta do fosso rente ao 
alambrado para o setor de arquibancadas sabe
bem o quão sofrida foi esse subir
de patamar do torcedor à esquerda.

Fabiano Gadelha comemorou o gol e, de
quebra, deu um 'pedala Robinho' no companheiro
que estava atrás

Mais uma demonstração de união na comemoração do
quarto gol do Vocem

Há uma equipe de voluntários que trabalha
incansavelmente no marketing do Vocem. Muito mais que torcedores,
membros da Família Mariana.

Poderia ser, essa, a última foto das ultrapassadas
e confusas placas de madeira. Dizem os torcedores mais
linguarudos que essas placas vieram da inauguração
do Estádio da Associação Atlética Ferroviária.

O Osvaldo Cruz trouxe somente três jogadores reservas, 
todos de linhas. Houvesse contusão do goleiro e
o visitante teria de improvisar. Coisas de regulamento da Federação

Posto Alexandria marcando presença no
Tonicão

Torcedores que optaram por não tomar sol na cara; só nas costas

Parte da torcida fazia apostas se o tiozinho estava concentrado,
cochilando ou observando atentamente
algum inseto na grama

Reservas completos à disposição do técnico
Sérgio Caetano

A bola rola, mas dá tempo para um cigarrinho
e uma olhada no celular

Providencial a presença da Unidade de Resgate do 
Corpo de Bombeiros de Assis

Sérgio Caetano, nesse momento, estava a alguns metros
do treinador do Osvaldo Cruz. O técnico do Vocem caminhava como
quem ia ao encontro do cumprimento do colega adversário. Não recebeu
sequer um olhar do comandante do Osvaldo Cruz. Não fez falta,
pois sobraram 5 gols a 1 no placar final.

A bateria da V.O. chegou ao Tonicão com a bola já rolando
e empolgou a torcida

A torcedora, precavida, levou chapéu para
proteger do sol, que bateu forte

Grupo de torcedores escolheu a parte superior
da arquibancada para ver ao jogo

A torcedora optou por ficar no setor com
menos concentração de pessoas

Jogo no final e os torcedores começaram a recolher
as faixas. Ainda sairiam dois dos 5 gols da goleada

Os torcedores que deixaram as arquibancadas aos 40 minutos do
segundo tempo ainda assistiram os dois últimos
gols ao lado do portão de saída do estádio

Muita festa na comemoração do gol de Augusto, o quinto, que fechou 
a goleada

Quase metade da torcida estava, aos 48 minutos finais,
à beira da grade do portão de saída do Tonicão

Cena triste do jogo: atleta do Osvaldo Cruz não recupera-se
de mal-estar...

 
... recebe atendimento médico no gramado...

... e é levado de ambulância ao hospital.

Terminado o jogo, todos para casa comer macarronada.

Nenhum comentário :