Jovem Pan Online - RSS

sábado, 25 de abril de 2015

Atlético Assisense contrata e reforça banco em Birigui

Cláudio Messias*

A Segunda Divisão do Campeonato Paulista continua sendo um laboratório de horrores protagonizado pela Federação Paulista de Futebol. O fundo do poço do futebol paulista não é levado a sério o suficiente para que haja alteração de data de jogo a pouco mais de 24 horas de realização de determinado confronto. Foi o que aconteceu na noite de quinta-feira, quando a Federação tornou público, em seu site (que vira e mexe fica fora do ar sem explicações nem prestação de justificativa), que o confronto Bandeirante x Atlético Assisense não ocorreria mais na noite seguinte, sexta-feira, a pedido do mandante.

Segundo a Federação, o Bandeirante alega que o sistema de iluminação do gramado do estádio Pedro Marin Berbel queimou. Assim, a partida, válida pela segunda rodada da temporada 2015, ficou adiada para as 15 horas desse sábado. Tipo de desorganização que não se vê na elitizada Primeira Divisão, ou Série A-1. Afinal, o comunicado no site da Federação consta de postagem feita às 18h18 da quinta-feira, quando certamente o clube visitante, no caso o Atlético Assisense, já havia se preparado para, nas próximas então 24 horas, encontrar-se em viagem.

Quando a bola rolar, porém, a insignificância com que a Federação Paulista de Futebol administra a Segunda Divisão passa a ter menos importância. Dentro das cinco linhas haverá 22 jogadores fazendo os jogos de suas vidas, metade deles saindo de Assis. E, dessa vez, lidando com o vergonhoso regulamento do Campeonato Paulista de 2015, o Atlético Assisense terá, ao menos, um banco de reservas completo. Ontem, o BID, da CBF, publicou a contratação de 5 reforços para o Falcão do Vale. Opções que competirá ao técnico Carlos Alberto Seixas usar ou não.

Os novos reforços do Atlético Assisense são: Jean Carlos Martins Araújo, de 22 anos, contratado por empréstimo; Kauê Willian Ladislau, de 22 anos, com contrato definitivo; Ailton Júnior da Silva, de 22 anos; Alef Maia Pimentel da Silva, de 21 anos, Augusto Gomes de Sá Júnior, de 23 anos; Everton Cassiano de Campos, de 21 anos.

O ônibus do Atlético Assisense saiu rumo a Birigui às 9 horas da manhã desse sábado. Não houve divulgação da equipe que deve começar jogando contra o Bandeirante, mas, por não haver contusões, a expectativa é que o time titular seja o mesmo que estreou com vitória sobre o Noroeste, resultado que deu a liderança do Grupo 1 ao clube de Assis.

Vocem - O BID da CBF também trouxe, ontem, a rescisão de contrato do jogador Fabiano Gadelha, anunciado como reforço pelo Vocem. O atleta estava vinculado ao Marília Atlético Clube, rebaixado para a Série A-2 semanas atrás. Aos 36 anos de idade, ele depende, agora, de divulgação de sua contratação para, então, poder estrear com a camisa do Esquadrão da Fé.

*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Nenhum comentário :