Jovem Pan Online - RSS

sábado, 27 de dezembro de 2014

O estranho calor que chegou, hoje, na madrugada de Assis

Cláudio Messias*

Nas últimas décadas Assis, a Sucupira do Vale, acostumou-se a ver algumas figuras locais anoitecerem mas não amanhecerem na cidade. Pois nesse último final de semana de 2014 a história voltou a repetir, porém envolvendo, digamos, 'alguém' não muito materializado. O clima ameno dos últimos dias, atípico, desapareceu na madrugada desse 27 de dezembro.

Os 97 mil habitantes de Assis, a cidade que sonha ter 100 mil moradores, tiveram uma noite de sexta-feira, 26 de dezembro, com temperatura agradável. Fazia 19 graus às 23 horas de ontem. Alguns, como eu, foram dormir sem necessidade de uso de ventiladores, aparelho de ar-condicionado e outros apetrechos. Bastava deixar janelas e portas abertas, mérito que ainda temos, apesar dos crescentes índices de violência urbana dos últimos meses.

Por volta das 2h00, já na madrugada de sábado, a novidade. Os termômetros da Estação Experimental mantida pelo Ciiagro em Assis denunciavam: a temperatura começava a subir. Estranhamente, mesmo sem sol o calor aumentava. Sem vento, os 20 graus permitiam sensação térmica de 24 graus. Com o nascer do sol a situação piorou. Às 8h00 os termômetros já registravam 21 graus, escalonando para 23 uma hora depois e atingindo os surpreendentes 31 graus agora há pouco, às 13h00.

O que agravou a sensação de calor foi a umidade relativa do ar, favorecida pelo excedente hídrico no solo resultante das abundantes chuvas que antecederam o Natal. O paradoxal nessa situação é que durante uma semana as madrugadas de Assis marcaram temperatura média de 17 graus, exigindo, entre os mais friorentos, o uso de lençol para dormir. E durante o dia os termômetros marcaram no máximo 28 graus, com casos atípicos como o do dia 24, véspera de Natal, que não registrou mais do que 21 graus.

Na madrugada de hoje a umidade relativa do ar marcava 97% em Assis. A forte nebulosidade que caracteriza o tempo nesse sábado impede que esse índice baixe. Agora, por exemplo, a umidade do ar é de 57%. Isso faz com que aumente a probabilidade de chuvas para o final da tarde. A agência Climatempo, por exemplo, no início da manhã anunciava essa probabilidade como sendo de 85%. Agora, o índice já passa dos 90%. E, pior, com risco de trovoadas, o que é sinônimo de alagamentos e destruição em uma cidade pessimamente planejada desde sua fundação.

*Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.

Município de Assis


Dados meteorológicos das últimas 12 horas da estação de Assis
Data e HoraTemperatura do ar (° C)Umidade relativa do ar (%)Precipitação (mm)Radiação solar
27/12/2014 13:0031570,0888
27/12/2014 12:0030620,0820
27/12/2014 11:0028710,0714
27/12/2014 10:0025840,0510
27/12/2014 09:0023940,0172
27/12/2014 08:0021970,062
27/12/2014 07:0020970,04
27/12/2014 06:0020970,00
27/12/2014 05:0019970,00
27/12/2014 04:0019970,00
27/12/2014 03:0019960,00
27/12/2014 02:0020950,00

Nenhum comentário :